A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/05/2010 16:05

Amônia vazou no Diplomata, mas não houve intoxicação

Redação

O Corpo de Bombeiros confirmou que houve vazamento de gás amônia no Frigorífico Diplomata, localizado no Núcleo Industrial, no início da tarde de hoje, mas que não há registro de vítimas de intoxicação pela inalação do gás. O fato foi apurado ainda pela Decat (Delegacia Especializada em Crimes Ambientais e Proteção ao Turista).

Segundo o Capitão Luidson Noleto, o motivo do vazamento foi uma falha no registro que controla a retirada do gás. "O vazamento foi registrado na casa de máquinas, porém os funcionários do setor de desossa do frigorífico sentiram o cheiro e rapidamente foram para a área externa", explicou o bombeiro. Cerca de 100 funcionários foram retirados do prédio.

A princípio não houve pânico e os funcionários foram entrevistados pelo Corpo de Bombeiros para saber se alguém sentia sintomas típicos da intoxicação por amônia, como tontura e náuseas. "Ninguém relatou qualquer problema", complementa Noleto.

No momento do vazamento, a concentração de amônia no local chegou a 250 ppm (parte por milhão). Nesta concentração, um aparelho chamado explosímetro tóxico emite alerta para evacuação. "Em 250 ppm, dependendo do tempo de exposição, a amônia pode causar intoxicação séria", alertou o capitão.

Esta é a terceira vez que o gás amônia vaza no frigorífico Diplomata. No ano passado, houve registros de vazamento em dezembro e outubro.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions