A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/11/2014 14:22

André diz que acidente com tanques atrasa obra e Aquário fica para 2015

Leonardo Rocha
Aquário do Pantanal não vai ficar pronto neste governo (Foto: Marcos Ermínio)Aquário do Pantanal não vai ficar pronto neste governo (Foto: Marcos Ermínio)
André diz que Aquário será entregue incompleto em função de acidente com peças em rodovias (Foto: Marcelo Calazans)André diz que Aquário será entregue incompleto em função de acidente com peças em rodovias (Foto: Marcelo Calazans)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou, hoje (12), durante repasse de recursos para o saneamento básico, que irá entregar a obra do Aquário do Pantanal, em dezembro, ainda em fase incompleta, em função de um acidente na condução de materiais. Tanques quebraram durante o transporte na rodovia.

"Vou entregar incompleto, houve um acidente que quebrou três aquários, na rodovia, mas podem ficar tranquilos, que o dinheiro para conclusão da obra ficará depositado para o próximo governador", explicou Puccinelli. O Governo investiu R$ 155 milhões na obra, que é apontada como o maior aquário de água doce do mundo.

André ainda destacou que tanto a população, como os órgãos fiscalizadores, ficaram atentos sobre como o projeto e a obra, que será finalizada no ano que vem. A obra ainda precisa enfrentar alguns obstáculos, como a falta de peças fundamentais ao projeto arquitetônico, que deve ficar a Reinaldo Azambuja, o responsável pelo término do espaço.

O secretário de Obras, Edson Giroto, ponderou que este será um grande atrativo turístico, tendo de fato assim uma entrada no mundo do bioma pantanal, além de fortalecer as pesquisas que serão desenvolvidas no local.

O Aquário terá 24 tanques, com aproximadamente 6,2 milhões de litros de água, e habitado por 12.500 animais subdivididos em cerca de 260 espécies (peixes, invertebrados, répteis e mamíferos).

Além das belezas naturais, o espaço vai abrigar uma base de estudos da biodiversidade sul-mato-grossense para difundir mundo afora as riquezas naturais do Estado e oferecerá ao visitante uma diversificada praça de alimentação, salas de exposições, biblioteca, laboratório e auditórios.



É uma piada mesmo, o orçamento inicial da obra era de NO MÁXIMO R$ 80 milhões, mas nosso governador, assim como todo e qualquer politico do país, conseguiu dobrar o valor a ser gasto, fora isso, agora inventa que não vai entregar esse ano porque "quebrou" 3 aquarios no transporte e não porque o Ministério Público está investigando a obra por superfaturamento.
 
Max em 12/11/2014 16:16:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions