A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

28/06/2010 13:02

Anel rodoviário irá facilitar integração com a Bolívia

Redação

Inaugurado nesta segunda-feira pelo Ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Oliveira Passos, o anel rodoviário da BR 262 em Corumbá será importante para o desenvolvimento sócio-econômico da região e para a integração com a Bolívia.

A obra tem quase 12 quilômetros de extensão. O contorno liga a BR-262 ao porto seco da Agesa (Armazéns Gerais Alfandegados), na fronteira com a Bolívia.

O ministro explicou que o anel rodoviário faz parte do projeto bioceânico. "Estamos preparando este lado (Brasil) porque do outro os irmãos bolivianos estão trabalhando e, desta forma será possível sair de Santos até o Pacífico de carro e com estradas pavimentadas", afirmou.

Na Bolívia, segundo o site Capital do Pantanal, está em fase final a pavimentação da carreteira (estrada que liga a Fronteira a Santa Cruz de La Sierra).

"Além de sua importância para o plano interno, de Mato Grosso do Sul e do Brasil, essa rodovia tem valor estratégico porque ela é rota natural no caminho da integração entre Brasil, Bolívia e Chile, como parte da rodovia bioceânica, já inteiramente pavimentada em territórios brasileiro e chileno, e a Bolívia em fase de conclusão da pavimentação do trecho que passa em seu território", afirmou o ministro, e acordo com a Subsecretaria de Comunicação Institucional da Prefeitura de Corumbá.

"O anel viário é uma obra fundamental para a cidade e toda a região, pois separa o tráfego pesado do tráfego de veículos leves, aumentando eficiência do transporte e a segurança, evitando acidentes", continuou o ministro.

A construção do anel viário foi lançada em 2001 e depois paralisada por cerca de oito anos, sendo retomada em abril de 2009. Para a conclusão da obra foram investidos R$ 13,5 milhões em recursos do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento).

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions