A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

04/01/2008 08:47

Após 2 meses, imagem de santa é liberada pela Receita

Redação

Depois de dois meses retida no terminal de cargas do Aeroporto Internacional de Campo Grande, por problemas aduaneiros, a imagem de Nossa Senhora de Fátima chegou a Corumbá no último domingo, 30 de dezembro.

Comprada em Portugal, a partir de doações de fiéis da paróquia corumbaense de Nossa Senhora de Fátima, a peça estava no Brasil desde o dia 08 de outubro, mas não pôde sair do aeroporto campo-grandense porque foi enviada da cidade de Fátima como produto de importação, quando na realidade deveria ter sido remetida como mercadoria doada. Com essa qualificação, seria necessário o cadastro da Igreja no Sistema de Comércio Exterior da Receita Federal como importadora, o que não havia sido feito à época.

O padre Genoir Pieta, responsável pela Igreja Nossa Senhora de Fátima, localizada na parte alta da cidade, explicou ao Diário Corumbaense que a liberação aconteceu no dia 10 de dezembro, depois de terem sido cumpridas todas as tramitações legais. "Ficou dois meses retida, eram muitas as exigências. Tivemos de apresentar toda a documentação necessária para a importação da peça, além de pagar taxas referentes à importação", contou o religioso, que ainda agradeceu o apoio do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira durante o processo de liberação da imagem, que teria custado 2.600 euros.

"Fizemos uma grande acolhida para a imagem desde o portal de entrada de Corumbá, na BR-262", disse Genoir. Já na Paróquia, durante celebração, a Santa foi coroada.

A imagem de Nossa Senhora de Fátima foi colocada no altar da igreja em meio a um cenário que reproduz o momento da aparição da virgem às três crianças portuguesas.

História- Nossa Senhora apareceu a três crianças

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions