A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/09/2009 13:40

Após agressão a professor, UFRJ denunciou Pepê à Polícia

Redação

Após ter um de seus professores agredido pelo ex-deputado federal por Mato Grosso do Sul, Pedro Pedrossian Filho, a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) denunciou o caso à Polícia.

Segundo a assessoria de imprensa da UFRJ, Pepê invadiu a sala em que André Martins ministrava aula e o agrediu. Diante da situação, a instituição fez uma queixa-crime na Polícia.

A assessoria de imprensa da instituição diz que o agressor do professor e marido de uma aluna e não fornece mais detalhes sobre a situação e não quis informar se Pepê é realmente aluno da instituição, como disse a mãe dele, Maria Aparecida Pedrossian, ao Campo Grande News .

Conforme Maria Aparecida, o filho estuda Sociologia na UFRJ. Ela conta que Pepê agrediu o professor após ele ter chamado Pedrossian, o pai, de "ladrão".

Segundo a Polícia, o professor foi agredido com uma barra de ferro pelo ex-deputado. Pepê foi flagrado primeiro com luvas quando segurava um bastão de ferro com uma empunhadeira, na Rua do Teatro, na Praça Tiradentes, no Centro do Rio de Janeiro.

A Polícia diz que Pepê foi preso depois da segunda ameaça ao professor André. A primeira ocorrência foi registrada na madrugada, na casa do professor. Pepê ameaçou o homem, mas não chegou a ser preso.

O pai de Pepê, Pedro Pedrossian, foi governador de Mato Grosso no período de 1966 a 1971, antes que o Estado fosse dividido. Eleito senador em 1978, renunciou ao mandato em 1980 para assumir o cargo governador nomeado do estado de Mato Grosso do Sul em 7 de novembro e depois voltou em 1991

Pedro Pedrossian Filho foi eleito deputado federal em 1998 pelo antigo PFL, atualmente DEM. Filiado recentemente ao PMN, ele se lançou pré-candidato do partido ao governo de Mato Grosso do Sul nas eleições de 2010.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions