A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

24/05/2008 11:39

Após ameaça de invasão, Funai deve fechar as portas

Redação

A Funai (Fundação Nacional do Índio) de Dourados e o núcleo de Amambai devem fechar na segunda-feira, dia 26, caso seja confirmada a intenção de invasão de um grupo de índios, com finalidade de saque. Cerca de três mil cestas básicas que serão doadas para famílias carentes estão no prédio. A Funai foi avisada da invasão por lideranças indígenas que são contra esse tipo de movimento.

De acordo com a fundação, o motim está sendo conduzido pelo líder da reserva de Dourado, Renato Souza, e por Celso Maciel. Este ano, Souza teria invadido a sede da Funai em Dourados com ajuda de outros índios e roubado 10 sacas de feijão, que estavam na varanda do prédio. Segundo informações da Funai, os dois já respondem a processos na Polícia Federal por crimes dessa natureza.

A direção da Funai em Mato Grosso do Sul investiga o envolvimento de funcionários na manipulação de índios para tentar boicotar o Aty  Guassu (grande reunião), encontro de lideranças indígenas, Funai e Funasa, que será realizado na primeira semana de junho, para discutir trabalhos de ampliação das reservas indígenas.

Um ônibus foi alugado para levar os índios para Amambai, local onde será realizado o encontro, para protestarem contra o Aty Guassu.

Segundo a Funai, há indícios de interesses políticos contra o aumento da área de reserva indígenas em Mato Grosso do Sul

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions