A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/05/2012 12:23

Após manifestação, reajuste dos servidores tem nova negociação

Viviane Oliveira e Wendell Reis
Servidores do administrativo lotaram o plenarário da Assembleia nesta manhã. (Foto: divulgação)Servidores do administrativo lotaram o plenarário da Assembleia nesta manhã. (Foto: divulgação)

Após manifestação dos servidores administrativos da Educação no plenário da Assembleia Legislativa na manhã desta quarta-feira (9), uma nova rodada de renegociação sobre o reajuste de parte do funcionalismo, que já está sendo apreciado pela casa, foi marcada.

O líder do governo, deputado estadual Júnior Mochi (PMDB), vai se reunir às 15 horas com os representantes da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária a Animal e Vegetal), às 15h30 da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) e às 16h com servidores da educação.

Centenas de servidores lotaram o plenário da Assembleia Legislativa, a maioria da Educação. Com faixas com dizeres: “O administrativo da educação merece respeito”, “Administrativo da educação também é educador”. Eles prometem dormir na assembléia até a votação do projeto que propõe o reajuste de 6% para a categoria.

“Os trabalhadores não vão poupar nenhum dos 24 deputados que aprovarem este reajuste”, afirmou o presidente da Fetems, Roberto Magno Botareli Cesar, que classificou a proposta de "vergonha".

Os servidores do administrativo prometem a paralisação de 4.575 funcionários. “O governo quer dar um reajuste de R$ 43 que não da para comprar nem um botijão de gás”, reclama.

Botareli explica que os servidores do administrativo defendem um reajuste de 9.7%. Hoje Roberto Magno voltou afirmar que há falta de funcionários na maioria das escolas do Estado e muitos servidores assumem funções que não deveriam. Segundo ele, muitas vezes uma funcionária da limpeza ou merendeira acaba acumulando várias funções para corrigir o problema.

Administrativos da Educação param as atividades nesta quarta e quinta
Os servidores do administrativo da Educação de Mato Grosso do Sul prometem parar as atividades nesta quarta (9) e quinta-feira (10). A paralisação po...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
UFGD oferece vagas em 36 cursos de graduação pelo Sisu
A UFGD (Universidade da Grande Dourados) está ofertando 944 vagas em 36 cursos de graduação para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada). As inscrições...


estou com vcs companheiros
 
franciane delasta em 09/05/2012 07:39:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions