A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/02/2010 08:35

Área que será retomada pela Cesp abriga oito famílias

Redação

Oito famílias deverão deixar suas casas às margens rio Paraná, no reservatório da Usina Hidrelétrica de Jupiá, em Três Lagoas, município que fica a 339 quilômetros de Campo Grande, em cumprimento à decisão judicial de reintegração de posse concedida à Cesp (Companhia Energética de São Paulo).

A reintegração de posse foi concedida pelo TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) no dia 9 deste mês, desfavorável à ribeirinha Maria Conceição da Silva.

Além dela, oito famílias vivem no local, segundo o site Perfil News. Após a decisão, a Companhia deu prazo até depois do Carnaval para elas deixarem a área, afirma o presidente da associação de moradores do bairro Jupiá, Gilmar Leite.

No local desapropriado será feito reflorestamento, pois se trata de uma área de preservação.

As famílias serão levadas para casas doadas pela Prefeitura, no mesmo bairro, um pouco mais distante do rio.

Mesmo não tendo que ficar desabrigada, a pescadora Daiane Ortiz, de 27 anos, reclama que vai morar a um quilômetro de distância do rio e não possui veículo para transportar o bote e o colocar na água, o que irá dificultar o trabalho dela e do marido.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions