A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/05/2015 12:05

Assembleia intercede e Azambuja discute reajuste amanhã com servidores

Aline dos Santos e Leonardo Rocha
Presidente do Sinpol, Alexandre Barbosa (de camiseta preta) reforçou que servidores rejeitam reajuste zero. (Foto: Marcos Ermínio)Presidente do Sinpol, Alexandre Barbosa (de camiseta preta) reforçou que servidores rejeitam reajuste zero. (Foto: Marcos Ermínio)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) vai se reunir amanhã com os representantes do Fórum dos Servidores Públicos, que representa 16 categorias e 45 mil funcionários. A reunião foi agendada hoje após os sindicalistas pedirem apoio da Assembleia Legislativa contra o reajuste zero.

De acordo com o líder do governo, deputado estadual Rinaldo Modesto (PSDB), o encontro será às 8h30, na Governadoria, em Campo Grande.

Na sessão desta quinta-feira, o presidente do Sinpol e um dos coordenadores do fórum, Alexandre Barbosa, reforçou aos parlamentares que os trabalhadores querem reajuste linear de 8,12%, índice que corresponde à inflação.

“Os servidores não vão aceitar o reajuste zero, pois o aumento de dezembro de 2014 se trata de negociação feita em 2013, escalonada pelo ex-governador André Puccinelli. Em nenhum momento foi dito que era antecipação de 2015”, afirma.

Sobre a situação financeira do Estado, um dos impeditivos ao aumento, Barbosa disse que balanço das contas aponta superávit de R$ 200 milhões.

Nas reuniões, a administração estadual alega que não se trata de reajuste zero, uma vez que os servidores receberam em dezembro de 2014 o índice que seria pago neste mês. O fórum também não aceita trocar o aumento de maio por futuras negociações, como antecipação da data base e reajuste do valor da hora extra. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions