A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

31/12/2009 10:08

Retrospectiva: Mudanças tentam melhorar trânsito

Redação

Mudanças no trânsito da cidade marcaram o primeiro ano do segundo mandato do prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB). Considerado um dos principais gargalos dos primeiros quatro anos, o setor sofreu intervenções profundas após a troca do diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito): saiu Carlos Alfredo Lanteri e entrou o professor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Rudel Espíndola Trindade Júnior.

A primeira medida foi o fim da "indústria da multa", como chegou a ser classificado um dos itens que definiu o pagamento de produtividade aos agentes municipais de trânsito. Até janeiro de 2009, a pontuação considerava um número mínimo de multas e carros guinchados pelos amarelinhos para garantir o pagamento da gratificação.

O prefeito acabou com o item e ainda determinou a substituição do uniforme dos agentes, que deixou de ser amarelo, cor que os caracterizou até 16 de março deste ano. Neste dia, eles estrearam o novo vestuário nas cores cáqui com mangas amarelinhas. Eles deixaram de guinchar veículos por causa do não pagamento de parquímetros e a relação entre os agentes e a população passou a ser mais amistosa.

Onda verde

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions