A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

13/08/2009 12:47

Bandidos torturam professora para obter senha de banco

Redação

Bandidos teriam torturado a professora Gicela Maria VanGyssel Brusamarello para obter as senhas dos cartões de banco. Ela foi assassinada a tiros no distrito de Sanga Puitã, em Ponta Porã, a 348 quilômetros de Campo Grande.

Policiais paraguaios suspeitam de três pessoas, sendo dois homens e uma mulher. O circuito externo de TV da Universidade do Pacífico, em Pedro Juan Caballero, teriam imagens do carro da professora e pode ajudar na identificação dos assassinos.

O carro, um Renault, foi abandonado às 21h de ontem na Rua Mariscal Lopez, esquina com a Rua Júlia Cueto de Estigarribia, no centro de Pedro Juan, cidade que faz divisa com Ponta Porã.

Casada com o engenheiro agrônomo Eloy Brusamarelo, a professora ministrava aulas na Escola Estadual Joaquim Murtinho, em Ponta Porã. O crime chocou os moradores de Ponta Porã e Pedro Juan. Com informações do Capitan Bado.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions