A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

07/08/2008 12:22

Betão alega legítima defesa e é absolvido da morte de PM

Redação

Em julgamento realizado nesta quinta-feira, o servidor público estadual Alberto Aparecido Roberto Nogueira, o Betão, foi absolvido do assassinato do policial militar Hudson Ortiz, em 15 de julho de 2003, em Campo Grande. A defesa dele alegou legítima defesa, o que foi acatada pela maioria dos sete pessoas qeu integram o juri popular.

O júri popular começou por volta de 8 horas e terminou às 12h45. Durou menos que outros casos de repercussão menor. Defesa nem o MPE (Ministério Público Estadual) fizeram qualquer questionamento a Betão, mesmo quando ele disse que acredita que este crime teria sido queima de arquivo.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions