A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Agosto de 2018

14/09/2011 09:39

Brasil tinha 4,3 milhões de empresas e 34,4 milhões de trabalhadores em 2009, diz IBGE

Nielmar Oliveira, da Agência Brasil

O Brasil registrava, em 2009, 4,3 milhões de empresas ativas, com idade média de 9,7 anos, que empregavam 34,4 milhões de pessoas e pagavam – a título de salários e outras remunerações – R$ 476,7 bilhões.

Os dados fazem parte do estudo Demografia das Empresas 2009, que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgado hoje (14).

O estudo feito com base no Cadastro Central de Empresas (Cempre), do próprio IBGE, indica que das 34,4 milhões de pessoas ocupadas, 82,2% - o equivalente a 28,2 milhões de trabalhadores - eram assalariados e 17,8% (6,1 milhões) estavam na condição de sócio ou proprietário.

Em relação a 2008, tanto o número de empresas quanto o de pessoal assalariado cresceu. Segundo o IBGE, essa ampliação representou um saldo de 191,3 mil novas empresas e de mais 1,3 milhão de pessoas assalariadas.

O estudo indica ainda que o salário médio pago pelas empresas era de R$ 1.357,99 – o equivalente a 2,9 salários mínimos médios mensais em valores de 2009 (R$ 461,15).

O estudo revela que do total de 4,3 milhões de empresas ativas em 2009, 77,8% (3,3 milhões de empresas) eram “sobreviventes”, ou seja, eram empresas já ativas em 2007 e que permaneciam nesta condição em 2009. Em 2009, segundo o IBGE, a taxa de estabelecimentos que entraram no mercado foi 22,2% (o equivalente a 946,7 mil novas empresas). No mesmo ano, 17,7% (755,2 mil empresas) deixaram de atuar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions