A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/09/2015 20:00

Após ir à Câmara, Bernal anuncia que vai trabalhar para ter maioria

Antonio Marques
Prefeito diz que vai buscar apoio dos vereadores (Foto:divulgação)Prefeito diz que vai buscar apoio dos vereadores (Foto:divulgação)

Ao sair da reunião com os vereadores na manhã desta quarta-feira, no Plenarinho da Câmara Municipal, o prefeito Alcides Bernal (PP) disse que vai trabalhar com conseguir uma base que represente a maioria na Casa, que inclui parlamentares do PT, PPS e até do PMDB, PSDB e PTdoB.

Entretanto, nestes 13 dias úteis de novo mandato, como fez questão de frisar durante o evento, o prefeito perdeu os três vereadores do Partido dos Trabalhadores, que anunciaram ontem a independência em relação ao governo municipal. O ex-líder de Bernal na primeira parte do mandato, Marcos Alex, disse ontem que não conseguia se ver fora da base, mesmo com a decisão anunciada pelo seu partido de não compor a base, mesmo dando apoio às medidas que possa colaborar com a administração para superação da crise financeira na Capital.

Alcides Bernal disse que vai conversar com o PT para acertar a participação no seu governo e reconheceu que faltou diálogo. Mas também declarou que pretende dialogar com os outros partidos e que não descartar ninguém. “Quem gostar de Campo Grande vai fazer parte da base”, afirmou e corrigiu em seguida “aqueles que não tiverem na base não significa que não gostam da cidade. Apenas decidiram fazer oposição ao nosso governo.”

Até o momento o prefeito não definiu o nome de seu líder na Câmara e perdeu o possível indicado, cogitado pelo atual secretário de governo Paulo Pedra, que seria o vereador Marcos Alex. Por enquanto os vereadores não têm manifestados seus posicionamentos na Casa, o maior bloco é o dos independentes. Poucos assumem estar na oposição a Bernal.

Os discursos mais críticos são feitos pelo ex-líder do prefeito afastado Gilmar Olarte, Edil Albuquerque; Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), que nem esteve presente na reunião de hoje; Ademar Vieira Junior, o Coringa; e Chiquinho Teles, declarado independente, ambos do PSD.

Na base, o prefeito conta com cinco parlamentares após a declaração de independência do PT, a vereadora Luiza Ribeiro (PPS), Derly dos Reis de Oliveira, o Cazuza (PP); Roberto Santana dos Santos, o Betinho (PRB); José Chadid (sem partido), que foi secretário de Educação na primeira parte do mandato; e Eduardo Cury (PTdoB), que assumiu o lugar de Paulo Pedra.

Confundido com ladrão, homem causa acidente e acaba agredido
Flávio Guimarães Fernandes, 39 anos, foi confundido com ladrão e agredido por moradores após se envolver em acidente. O caso aconteceu na madrugada d...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions