A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

28/09/2013 15:19

“Balão” de jogadores do Corinthians desaponta torcedores

Zana Zaidan e Lidiane Kober
Persistentes, torcedores seguiram para o hotel na esperança de ver os jogadores do Corinthians de perto (Foto: Lidiane Kober)Persistentes, torcedores seguiram para o hotel na esperança de ver os jogadores do Corinthians de perto (Foto: Lidiane Kober)

A fuga dos jogadores do Corinthians pela porta dos fundos desapontou a torcida que aguardava ansiosa a chegada do time no Aeroporto Internacional de Campo Grande na tarde de hoje (28), no vôo das 14h17.

Persistentes e fiéis, os torcedores seguiram para o Novo Hotel, onde os jogadores ficarão concentrados para o jogo de amanhã contra a Portuguesa, no Morenão, mas lá, sofreram novo desapontamento, já que o time não entrou por uma porta lateral.

Teve torcedora da Fiel que, para não perder a viagem, se contentou com autógrafo de jogador do time adversário. “Se não tem tu, vai tu mesmo”, disse a professora Lucimar Santos, 42 anos, que entregou a camisa do Timão para o jogador Ivan, da Portuguesa, autografar. Ao lado da irmã, Lucilene Matos, 33 anos, as duas saíram “de coração partido” reclamando que o “Corinthians deu balão!”.

Segundo o assessor parlamentar Anderson Carlos Pena, 34 anos, que também fez campana para aguardar os jogadores, o comentário era de que o time não passou perto da torcida no aeroporto por ordem dos policiais que faziam a segurança do local. “Só que está esquisito, porque no hotel, eles também não nos receberam”, disse o torcedor.

Mesmo com o bolo dos jogadores, o motoboy Antônio Luís da Silva, 25 anos, fez questão de ressaltar que o amor pelo Corinthians não muda. “Amanhã, a escalação é outra. O que vale é o amor pelo time, não pelos jogadores”, acrescentando que ter visto o jogador favorito, Danilo, mesmo de longe, compensou a espera.

Apesar de o time já ter entrado no hotel, cerca de 100 torcedores, entre crianças e idosos e cadeirantes, ainda aguardam em frente ao local, na expectativa de receber uma aceno de algum dos jogadores.

Apesar do balão, Antônio Luís e os amigos frisaram que o amor pelo Timão não muda. (Foto: Bruno Chaves)Apesar do "balão", Antônio Luís e os amigos frisaram que o amor pelo Timão "não muda". (Foto: Bruno Chaves)


Eu sou Corinthiano, mas pagar 80, 100 pratas para assistir um time "meia-Boca" e mercenário assim, tô fora!!! NÃO vale nem R$ 20. Assisto o vexame no jornal de amanhã. TIMÃÃOOO!!!
 
Marco é nóis Curintia em 29/09/2013 16:07:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions