A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/11/2015 17:43

Casal real japonês se reúne com a comunidade e inaugura monumentos

Flávio Paes/Filipe Prado
Casal real chega sob garoa fina a Associação Nipo-Brasileira (Foto:Marcos Erminio)Casal real chega sob garoa fina a Associação Nipo-Brasileira (Foto:Marcos Erminio)
Príncipe destacou  a alegria de visitar o Brasil  pela segunda vez (Foto:Marcos Erminio)Príncipe destacou a alegria de visitar o Brasil pela segunda vez (Foto:Marcos Erminio)

O casal real japonês, princípe Akishino e a princesa Kiko, que iniciou nesta segunda-feira visita oficial a Mato Grosso do Sul, foi recebido de forma carinhosa e emocionada pelos representantes da comunidade nipônica da Capital que esteve na sede campo da Associação Esportiva e Cultural Nipo-Brasileira. Este foi o segundo compromisso da agenda oficial que eles cumpriraram na Capital. 

O princípe e a princesa se reuniram por cerca de 20 minutos a portas fechadas com dirigentes da Associação, na presença do governador Reinaldo Azambuja e de secretários estaduais.

Em seguida foi realizada a solenidade pública que precedeu a inauguração de dois monumentos ,o comemorativo à visita, e o em memória aos antepassados que o principe fez questão de reverenciar. O casal foi recebido por criança da entidade, enquanto o coral da Associação, cantou o hino japonês e em seguida, o do Brasil.

O primeiro a se pronunciar foi o presidente da Associação, Acelino Nakazato, que agradeceu a vistia do casal real, mas fez um breve relato sobre o histórico da imigração japonesa para o Brasil, um legado marcado pelo sofrimento,mas teve como marca a superação.

Já o governador Reinaldo Azambuja, deu as boas vindas ao principe e a princesa e em nome do povo sul-mato-grossense, estimulou e o casal faça do estado “uma extensão da casa, destacando que a distância entre Brasil e Japão nunca foi um obstáculo para o intenso intercâmbio existente entre os dois países.

O principe, falando em japonês (com tradução simultânea), destacou a felicidade de estar visitando pela segunda vez o Brasil (esteve no País em 1988, para as comemorações dos 80 anos da imigração),sentimento reforçado por estar em companhia da esposa. Se disse encantado com a comunidade japonesa de Mato Grosso do Sul e mencionou o sobá (prato da culinária japonesa muito apreciado na Capital), como exemplo do intenso intercâmbio cultural que une os dois países. O presidente da Associação Nipo-Brasileiro presentou o principe com uma bolsa; um livro e exemplards de uma flor típica do pantanal.

Entre os presentes a oportunidade de conhecer de perto o casal real foi comemorada. “É um privilégio, uma sensação muito boa”, comenta Rose Comyana, 54 anos. Sentimento compartilhado por Elaiane Gishiken.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions