A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/01/2016 11:33

Preso sofre traumatismo craniano após ser espancado por colega de cela

Viviane Oliveira e Luana Rodrigues
Miguel estava preso em uma das celas da Derf, quando foi espancado por colega de cela.  (Foto: Luana Rodrigues) Miguel estava preso em uma das celas da Derf, quando foi espancado por colega de cela. (Foto: Luana Rodrigues)

Homem de 43 anos sofreu traumatismo craniano após ser espancado por colega de umas das celas da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), em Campo Grande. Miguel Aparecido da Silva foi detido por moradores depois de tentar sequestrar uma criança, na tarde de ontem (28), na região do Bairro Danúbio Azul, em Campo Grande.

Conforme o delegado Reginaldo Salomão, Miguel foi encontrado bastante ferido por volta das 6h de hoje, quando policiais da delegacia faziam a contagem dos presos na cela. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado à Santa Casa. Miguel sofreu traumatismo craniano e está no pronto socorro da unidade recebendo atendimento médico.

O agressor, Ulisses de Souza Ferreira, que não teve a idade divulgada, contou que estava dormindo quando foi surpreendido com mordidas e pontapés causadas por Miguel, que queria o seu colchão.

Os dois, então, passaram a lutar e Miguel levou a pior. Ele foi espancado, teve os braços e as pernas amarradas com a própria roupa. Depois disso, o agressor ainda colocou uma camisa na cabeça de Miguel, que perdeu muito sangue. Ulisses, também sofreu ferimentos leves e foi encaminhado à uma unidade de saúde. Ele está preso na delegacia por estelionato. 

Problema mental - Segundo os moradores do Bairro Danúbio Azul, Miguel é conhecido por andar com uma bíblia embaixo do braço e causar terror na região. “Ele tem problema mental, mora sozinho e vive da aposentadoria”, diz uma vizinha de Miguel, que pediu para não ser identificada.

Ontem à tarde, Miguel foi preso pela Polícia Militar após ser detido por moradores. Ele tentou sequestrar uma criança que brincava na calçada perto dos familiares. O homem só não foi linchado por vizinhos da família da criança, porque a polícia chegou a tempo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions