ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  30    CAMPO GRANDE 37º

Capital

Acidente na Rachid Neder interrompeu sonho de militar de se tornar paraquedista

Carlos Henrique Santana de Souza, 20 anos, morreu, após colidir motocicleta contra placa de sinalização na Avenida Rachid Neder

Por Tainá Jara e Liniker Ribeiro | 06/08/2020 15:49
Velório aconteceu em funerária da Rua Maracaju, na Capital(Foto: Kisie Ainoã)
Velório aconteceu em funerária da Rua Maracaju, na Capital(Foto: Kisie Ainoã)

A morte precoce de Carlos Henrique Santana de Souza, 20 anos, abalou familiares e amigos. Em velório na tarde desta quinta-feira, muitos foram os comentários sobre planos interrompidos quando a motocicleta que ele conduzia atingiu placa de trânsito, durante a madrugada, na Avenida Rachid Neder, no Bairro São Francisco. Um dos sonhos do jovem soldado era tornar-se paraquedista.

Relato emocionado a prima, Beatriz Santana, 22 anos, revelou traços da personalidade do militar, além da felicidade diante das possibilidades trazidas com o primeiro emprego. “É uma das melhores pessoas que conheci. Um menino sorridente, alegre e que sempre ajudava as pessoas. Ele era soldado da Base Aérea. Estava fazendo um curso de paraquedismo e estava bastante empolgado”.

A prima confirmou que a vítima estava na casa da namorada minutos antes do acidente. Como Carlos não é de dormir fora, ela imagina que ele tenha decidido ir embora para sua casa no Bairro Guanandi 2.

Diante do momento de comoção, familiares mais próximos do jovem não conseguiram se expressar. Um dos tios do jovem descreveu a situação como difícil de acreditar. “Era uma rapaz de boas”, relembra.

Inconformado tanto quanto qualquer membro da família, o amigo Mauro Souza, lembrou de como o jovem era alegre. “Eu não sou tio dele, mas toda vez que me via pedia a bênção. Falava: bença, tio. É uma situação muito trágica e é até difícil de entender o que pode ter acontecido”, afirmou.

Acidente - Carlos Henrique Santana morreu em acidente de trânsito ao colidir a motocicleta que conduzia contra uma placa de sinalização, quando voltava da casa da namorada. O caso aconteceu por volta de 1h desta quinta-feira (6), na Avenida Rachid Neder, no Bairro São Francisco, em Campo Grande.

Regras de comentário