A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/11/2014 17:15

Acusado confirma assédio a menina e diz que é viciado em sexo online

Filipe Prado
Valdeir afirmou que é viciado em sexo online (Foto: Alcides Neto)Valdeir afirmou que é viciado em sexo online (Foto: Alcides Neto)

Valdeir Rodrigues, 28 anos, acusado de tentar manter relações sexuais com uma menina de 10 anos, confessou que mandou fotos intimas para a criança e que seria viciado em “sexo online”. O homem foi preso em flagrante na tarde de hoje (3), por volta das 14h, após marcar um encontro com a menina na porta da escola.

Segundo o rapaz, que trabalha em uma distribuidora de medicamentos, toda a sua família tem um histórico de doenças psiquiátricas. Ele alegou que é “viciado em conversar pela internet” e “falar besteiras” para as mulheres.
O acusado confessou que mandou fotos íntimas para a menina, mas assegurou que essa seria a primeira vez que isso teria acontecido, assim como o encontro. “Eu não me lembro de nenhuma outra vez, mas consigo me libertar disso”, revelou.

A rotina do acusado era sempre a mesma. Conforme Valdeir, todos os dias, ao chegar do trabalho, ele acessava o Facebook, bate papos ou outras redes sociais para conversar com mulheres e “falar besteira”, se referindo a assuntos de cunho sexual. “Depois eu ia para o banheiro e me masturbava”, contou.

Sobre um tratamento para o vício, o acusado admitiu que nunca procurou. Valdeir alegou que não gosta de ir a médicos e que imaginou que não precisaria de tratamentos. “Eu achei que pudesse ser normal”, desabafou.

Casado há oito anos, Valdeir não possui filhos e nem histórico policial. A esposa, conforme o acusado, o flagrou uma vez conversando com algumas mulheres, “brigou muito”, mas depois esqueceu. “Não sei o que acontece comigo. É um vício”.

A polícia realizou diligências com o acusado e apreendeu um computador e um celular, que foram encaminhados para a perícia.

Pedofilia - Conforme a delegada Regina Márcia Rodrigues de Brito Mota, titular da unidade, Valdeir Rodrigues, 28 anos, foi preso em flagrante na Vila Nasser. O assédio começou pelo Facebook, quando ele fez amizade com a menina. Ele foi logo dizendo que gostaria de ter um relacionamento com a garota, inclusive sexual.

A criança avisou a mãe do assédio. A mulher orientou a filha a gravar as conversas feitas pela rede social. Em uma ocasião, ela até falou pela filha e revelou a Valdeir que tinha somente 10 anos de idade. Ele disse que não tinha problema e manteve o assédio.

Já sob orientação da polícia, a menina gravou todas as conversas e marcou o encontro com o acusado de pedofilia na saída da escola onde tem aulas de ballet. Antes de sair de casa, Valdeir enviou fotos do carro e da roupa que estava para ser identificado pela menina.

Antes de parar para pegar a menina na escola, ele deu duas voltas para verificar se não havia alguém com a menina. Ao perceber que não teria problemas, parou o carro e foi preso pelos policias a paisana ao abordar a menina.

Um computador e um celular foram apreendidos e levados para a perícia (Foto: Alcides Neto)Um computador e um celular foram apreendidos e levados para a perícia (Foto: Alcides Neto)
Achei que pudesse ser normal, relatou sobre não procurar tratamento para o vício (Foto: Alcides Neto)"Achei que pudesse ser normal", relatou sobre não procurar tratamento para o vício (Foto: Alcides Neto)
Valdeir foi preso em flagrante (Foto: Alcides Neto)Valdeir foi preso em flagrante (Foto: Alcides Neto)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions