A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

27/05/2016 11:35

Adolescente assalta farmácia e morre em confronto com a Polícia Militar

Viviane Oliveira, Guilherme Henri e Paula Maciulevicius
O corpo está sendo velado na Igreja Missionária, na Rua dos Resendes, na Vila Aimoré. (Foto: Fernando Antunes) O corpo está sendo velado na Igreja Missionária, na Rua dos Resendes, na Vila Aimoré. (Foto: Fernando Antunes)

Adolescente de 17 anos morreu e outro foi preso após trocarem tiro com a Polícia Militar, no começo da tarde de quinta-feira (26), na Rua Quincas Vieira, na Vila Aimoré, em Campo Grande. André Luiz dos Santos foi socorrido, mas morreu no Hospital Regional.

Conforme informações de moradores, os rapazes estavam armados e assaltaram uma farmácia no Bairro Aero Rancho. A Polícia Militar foi acionada e em rondas na região identificaram os suspeitos em uma motocicleta.

Durante abordagem, André Luiz teria trocado tiros com a polícia, que revidou. Ele foi baleado com dois disparos e socorrido pela PM até o HR (Hospital Regional), onde morreu.

O outro rapaz, que não teve a identidade revelada, foi preso e encaminhado à Depac (Delegacia e Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

A técnica de enfermagem Roseli Francisco, 40 anos, mãe do rapaz, contou que recebeu por terceiros a notícia de que o filho tinha sido baleado. “Quando descobri que ele estava no Regional, logo recebi a informação de que havia morrido”, lamenta. A assessoria de imprensa do hospital informou que André Luiz deu entrada às 18h30 já em parada cardíaca, chegou a ser encaminhado para o centro cirúrgico, mas não resistiu. 

No ano passado, o adolescente cumpriu medida socioeducativa por roubo. O corpo do garoto é velado em uma igreja, na Vila Aimoré. A reportagem entrou em contato com a polícia, mas não conseguiu informações sobre a ocorrência.

Roubos - Em três anos, o número de assaltos ocorridos na Capital cresceu 139%, conforme dados Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública). De janeiro a abril deste ano foram registrados na Capital 2.461 roubos, crescimento de 12% comparado ao mesmo período do ano passado, quando a criminalidade já tinha aumentado. No primeiro quadrimestre de 2014 foram 1.613 casos enquanto em 2013 foram 1029 registros.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


Meus sentimentos a família, mas este é o destino dos "vida loka"
 
Junior em 27/05/2016 14:27:05
Lamento pela familia.
Parabens para a policia
 
Alex André de Souza em 27/05/2016 12:35:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions