A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

16/11/2011 19:32

Adolescente assassinada após sair de boate já havia sido ameaçada de morte

Ana Paula Carvalho e Viviane Oliveira
Adolescente saia da boate quando foi baleada. (Foto: Simão)Adolescente saia da boate quando foi baleada. (Foto: Simão)

Leyciane Ribeiro Dias, 17 anos, assassinada na madrugada desta quarta-feira após sair da boate Chácara Maresia, no bairro Coophavila II, já havia sido ameaçada de morte. Foi o que disse a amiga da adolescente, Libni Arguelho, de 22 anos, à equipe do Campo Grande News.

Segundo Libni, a mãe da adolescente não sabia que ela iria à festa. “Minha filha saiu para buscar o celular na casa de uma amiga e não voltou mais”, diz Maria Marta Greffi, mãe da adolescente.

Ainda de acordo com a jovem, há aproximadamente duas semanas, a menina contou que havia sido ameaçada de morte por um homem, mas não quis dar detalhes.

Antes de ir a boate, Leyciane estava com Libni e a amiga Rosângela da Silva, de 21 anos, em uma conveniência na avenida Afonso Pena, por volta das 23h30 elas decidiram ir embora.

No caminho ela chamou as amigas para ir à festa, Libni se recusou dizendo que a mãe da menor não a havia deixado sair e foi embora para casa. Rosangêla e Leyciane seguiram para a boate.

“Eu não gosto daquele lugar. Já teve tiroteio outras vezes e é perigoso”, diz Libni.

Por volta das 03h, Leyciane chamou Rosângela para ir a uma festa na avenida Tamandaré, dizendo que todos os amigos delas iriam. “Vamos embora que amanhã a gente tem que acordar cedo para ir ao posto de saúde”, Rosângela argumentou com a menor. Ela iria à unidade de saúde marcar um exame ginecológico. Na segunda-feira a adolescente passou mal e foi encaminhada a Unidade de Pronto Atendimento do Aero Rancho.

Leyciane disse à amiga que seria rapidinho e elas decidiram ir. Os carros dos amigos estavam cheios e por isso elas pegaram carona com dois homens, conhecidos da menor, que estavam em um veículo Gol branco.

De acordo com Rosângela, quando entraram no carro, dois homens seguiam nos bancos da frente e uma menina no de trás. A vítima sentou-se perto da porta. Quando esperavam atrás de uma fila de carros para sair do local, vários motociclistas passaram atirando na direção do veículo.

Um disparo atingiu o braço de Leyciane e transfixou o tórax. Rosângela conta que quando percebeu que a amiga estava ferida avisou os homens e saiu correndo. Ela alega que foi em casa pegar uma moto para socorrer a adolescente.

“Eu sai ligando para nossos amigos e todos nós procuramos por ela, mas não achamos em lugar nenhum. Eles enrolaram com ela dentro do carro. Sumiram e demoraram muito”, diz sobre os dois jovens que estavam no carro branco.

Velório - Amigas da menina estiveram no velório e alegam que ela era uma garota muito querida por todos. Elas acreditam que o tiro não tenha sido para a menor e que ela tenha sido morta por engano.

Carlos Luis, de 22 anos, era cunhado da adolescente. Ela morou por dois anos com irmão dele. Ele se diz surpreso com a morte da menina porque ela era muito tranquila. Ele também pensa que tiro não era para ela.

Adolescente é morta durante confusão em boate no Coophavilla 2
O crime aconteceu por volta das 3h30. A jovem estava saindo da baote Chácara Maresia, quando um homem em uma caminhonete passou em frente do local e...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...


minha querida amiga vou sentir muitas saudades
 
Daniela kezia em 07/12/2011 09:17:19
lugar errado e hora errada
 
milton lopes em 19/11/2011 12:36:39
Se tivesse escutado a amiga que fez o comentario do perigo, mas não como sempre acontece os adoslecente que segue o caminho certo e tachado como careta, esta dificil ter amizade que de conselho bom, então pais sugiro (ocupe seus filhos com estudos e esporte sadios) e acompanhe com quem ele esta andando e tambem analise as amizade proximas, eu faço isso e não tenho dor de cabeça, graças a Deus.
 
Aparecida da Silva em 17/11/2011 12:21:49
O que era e dava pra ser feito ja não se pode mais ela jogou tudo pro ar então coloque a mão na conciencia e fique em casa e não saia não desobedeça sua mãe não faça ela chorar tão cedo ta legal.
 
walter eber em 17/11/2011 11:46:11
Certo Lugar de menor de idade e dentro de casa , culpados são os pais , que esperar de uma menina de 16 anos na rua as 03 : 00 hs da manhã.
oq. a mãe estava fazendo . repito cade os pais, destes adolecentes que virão as noites nas ruas bebendo fumando e ate mesmo se prostituindo . cade o conselho tutelar, a policia para fazer uma varedura nestes locais e colocar estas crianças para ir pra casa .
 
marcia Ribeiro. em 17/11/2011 09:43:24
É fácil dizer isso, porque não aconteceu na família de vocês, e também não era nenhum conhecido de vcs, os motivos não importam, o que importa é que esses lugares devem ser fechados, e a polícia deve manter segurança, privando menores de entrar nestes lugares, ninguém deve dizer "se ela tivesse ficado em casa",eu queria ver se fosse com um filho de vocês, o que vocês fariam
Tayná amiga de Leyciane
 
Tayná Neves de Almeida em 17/11/2011 01:31:18
se tivesse em casa dormindo ,mas preferiu o lado incerto .
 
josefa oliveira em 16/11/2011 09:02:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions