A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/07/2016 12:31

Adolescentes são suspeitos de dopar e estuprar menina de 12 anos

Fernanda Mathias e Mara Riveiros
Adolescentes apreendidos no Jardim Canguru estavam com arma, drogas e já tinham outras passagens pela polícia (Foto: Marina Pacheco)Adolescentes apreendidos no Jardim Canguru estavam com arma, drogas e já tinham outras passagens pela polícia (Foto: Marina Pacheco)

Policiais da DPCA (Delegacia de Protecao a Crianca e ao Adolescente) apreenderam na manhã desta quarta-feira, em uma casa do Jardim Canguru, na saída para São Paulo, dois adolescentes, de 16 e 17 anos, suspeitos de estuprarem uma menina de 12 anos, no mês passado, em Campo Grande.

A menina chegou a ficar desaparecida e foi procurada pela família, por isso não são informados detalhes sobre o caso para não expor a criança. Quando foi encontrada, ela contou que foi drogada e ficou desacordada. Ao recobrar a consciência, estava sem roupas e relata que no local havia arma e drogas.

Na casa onde adolescentes foram apreendidos, policiais encontraram arma e drogas (Foto:Marina Pacheco)Na casa onde adolescentes foram apreendidos, policiais encontraram arma e drogas (Foto:Marina Pacheco)

Exame do IMOL confirmou o abuso sexual. O delegado titular da DPCA, Paulo Sérgio Lauretto, relata que os dois rapazes são primos e na casa em que foram apreendidos havia um revólver calibre 38, porções de cocaína e maconha. 

Ambos já teriam outras passagens pela polícia e serão levados para a Deaij (Delegacia Especializada no Atendimento à Infância e Juventude).

De tarde, a vítima, que passará por acompanhamento psicológico, fará o reconhecimento. Há, inclusive, suspeita de que mais um ou dois rapazes possam estar envolvidos no estupro.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


Só os hipócritas são contra a pena de Morte, para estupro, latrocínio, sequestro, terrorismo, tráfico de drogas, assalto seguido de morte e outros crimes hediondos. A sociedade está cheia de hipocrisia , escondendo-se do óbvio, deixando-se levar pelos defensores dos "direitos dos manos". O lema é - " Direitos humanos, para humanos direitos"
O resto é fuzilamento!
 
Barbarossa em 06/07/2016 16:39:21
Esses filhos da mãe vêm que esse tipo de coisa acontece em outras cidades, outros estados e países e não acontece nada com os vagabundos, acham que podem começar a fazer a mesma coisa por aqui. Tinha que dar uma surra de deixar um mês internado. Bando de vagabundos. Se fosse filha minha eu iria procurar esses infelizes até no inferno e mataria, não antes de judiar muito, pra aprenderem a virar homem. Isso tudo é muito culpa dos pais, que não educam os filhos, que não lhes ensinam valores, não querem ter responsabilidades, só ficam colocando esses marginais no mundo e os outros que têm que conviver com esses vagabundos que se danem. Tinha que mandar castrar todo mundo, os pais que vão procriando feito bichos e os filhos desses infelizes que boa índole não tem.
 
Mariana Carvalho em 06/07/2016 14:01:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions