A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

27/05/2019 11:38

Afastados, servidores de Unei estão em funções administrativas

Conforme o governo, a Procuradoria-Geral do Estado vai recorrer da decisão

Aline dos Santos
Servidores foram afastados da Unei Dom Bosco por denúncia de adolescente. (Foto: Arquivo)Servidores foram afastados da Unei Dom Bosco por denúncia de adolescente. (Foto: Arquivo)

A Superintendência de Medidas Socioeducativas informa que os sete servidores lotados na Unei Dom Bosco (Unidade Educacional de Internação), afastados por decisão da Justiça, já estão desempenhando atividades na área administrativa do órgão.

Ainda de acordo com o governo, a PGE (Procuradoria-Geral do Estado) vai recorrer da decisão da juíza da Vara da Infância, Adolescência e do Idoso, Katy Braun do Prado.

A ordem de afastamento é para seis servidores e também para Ricardo Lopes Lima, diretor da Unei à época dos fatos e atual adjunto. Na denúncia, o MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) narra “fatos criminosos considerados gravíssimos”. O adolescente relata sequência de agressões no mês de setembro, após ser flagrado numa tentativa de fuga.

A pedido da promotoria, o adolescente foi transferido de Unei. O Ministério Público ainda pediu informações sobre escalas, livro de ocorrências e fichas funcionais. O exame na vítima apontou lesão corporal leve. O afastamento é para evitar novas agressões e que exerçam influência sobre as testemunhas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions