A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

03/06/2013 18:10

Agência vê “falhas” no contrato da Solurb, mas parecer sai em 45 dias

Zemil Rocha e Leonardo Rocha

A presidente da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Campo Grande, Ritva Viera, afirmou esta tarde que vai dar parecer dentro de 45 dias sobre o contrato da coleta de lixo com o Consórcio Solurb, um dos que têm pagamentos suspensos pelo prefeito Alcides Bernal (PP) desde o começo do ano. Segundo ela, há “falhas” no contrato que precisam ser corrigidas.

Indagada sobre as falhas, Ritva Vieira não deu detalhes. “É um assunto muito complexo para explicar agora, mas vou fazer um relatório final e entregar dentro de um mês e meio”, limitou a dizer. Garantiu, porém, que a própria Solurb sabe dos problemas dectados e “entende o posicionamento do prefeito”.

Ritva espera que essas “falhas sejam corrigidas para que contrato seja normalizado” e os pagamentos voltem a ser feito. A concessionária Solurb foi contratada em outubro de 2012, ainda sob a gestão de Nelsinho Trad (PMDB). Sob a gestão do prefeito Alcides Bernal (PP), a administração municipal não efetuou ainda nenhum pagamento à Solurb, que já acumula crédito superior a R$ 20 milhões.

Na prefeitura chegou a ser cogitado o rompimento do contrato e a volta da Vega Engenharia Ambientou, que após oito anos perdeu o contrato milionário com o município.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions