A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

25/08/2011 16:25

Alegando impacto ambiental, vereador entra com ação no MPE para barrar lanchódromo

Paula Maciulevicius

Parlamentar defende que o Horto deve ser visto como estrutura de apoio à sustentabilidade

Alegando impacto ambiental, o vereador Alex (PT) acionou o MPE (Ministério Público Estadual) para tentar barrar a instalação do "lanchódromo" no Horto Florestal. Segundo o parlamentar, a transferêncai dos dogueiros para o espaço vai contra as leis e condições de sustentabilidade.

“É óbvio que as pessoas que trabalham nesses trailers devam receber da prefeitura uma nova e adequada destinação. O problema é que eles não ouviram a população que utiliza o Horto e muito menos as milhares de famílias que moram no seu entorno”, argumenta.

Na ação, o vereador argumenta que desde 1956 o parque tem como objetivo central a preservação ambiental, sendo uma importante reserva vegetal, que produziam várias espécies de mudas de árvores para a arborização de Campo Grande e de outras cidades.

O parlamentar defende que o parque não pode ser visto como atração turística e sim como estrutura de apoio à sustentabilidade e de bem-estar das pessoas.

Reforçando o impacto ambiental, o Horto está posicionado como um lugar estratégico do ecossistema urbano, onde existem dois braços de córregos que se juntam ali para dar origem a um rio, o Anhanduizinho.

No aspecto legal, a representação do vereador cita dispositivos constitucionais e jurídicos que estão sendo ignorados com a construção do lanchódromo no Parque Florestal.

Ainda na legislação municipal, Alex argumenta que a Lei Orgânica Municipal, aponta como obrigação da prefeitura a promoção, preservação e a restauração de ambientes cuja integridade é garantida pelas constituições Federal e Estadual, a exemplo das áreas cobertas de vegetação nativa que protegem cursos d’água e nascentes.

E cabe ao município exigir estudo prévio de impacto ambiental para qualquer obra que possa causar significativa degradação do meio ambiente.

“A lei fala em estudo prévio do impacto ambiental, o qual, até o presente momento, não foi realizado, já que além de possuir exemplares da flora da região, o Horto guarda também a nascente de um rio”, pontuou Alex.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


não se chama progresso quando se pensa em crescimento sem valorizar aquilo que te faz reconhecido. Concordo com o vereador, apoio sua ação e tenho certeza de que o autor do projeto do horto, Elvio Garabini, que ao menos foi consultado sobre essa decisão, também apoia, por ser o Horto um monumento histórico e simbolo da cultura campo grandense.
 
Adriana Rocha em 03/09/2011 05:52:14
Moro nas proximidades do Horto Florestal e acredito que tanto os moradores do centro quanto nós temos razão. O caso não é que somos contra a saída do dogueiros da Afonso Pena, até concordamos em que queiram um espaço mais agradável, sem tanta sujeira e barulho, porém, mesmo que seja na pista de bicicrós o lixo, o barulho e a "muvuca" espantarão animais e afetará o parque, que deveria ser destinado a ser um lugar de paz. Creio que a solução deveria ser tomada também pelos moradores daqui e no caso, enviar tais carrinhos para outras localidades da cidade como a antiga rodoviária, que além de ser um ponto estratégico está abandonada e sem utilização... Queremos participar e sabemos que a violência piorará.. Se tais pessoas falam do Horto é porque não frequentam ou não conhecem.. Enfim, apoio o vereador e vejo que medidas devem ser adotadas para que 6 não seja trocado por meia dúzia.
 
Maria Tereza Santos em 31/08/2011 09:49:15
Concordo com o vereador, sou moradora desse bairro e não aprovo a vinda dos dogueiros, esse local para nós é um ambiente agradável, de descanso e de atividades físicas, o que falta é manutenção, limpeza e um bom parquinho para as crianças. Fiquei bastante preocupada com o depoimento de uma moradora da Afonso Pena "Maria Silveira" que disse:
"Visto que ninguém mais aguenta as constantes badernas durante a madrugada afora, os bêbados que ligam seus sons dos seus carros no último volume e as brigas e conversas altas que são constantes nesses trailers. Fora a sujeira e odor desagradável que eles deixam depois que vão embora na manhã seguinte. Eu como moradora jamais me propus a consumir qualquer lanche desses dogueiros exatamente por essa situação terrível."
Moradores dos bairros próximos e frequentadores do horto fiquem em alerta e se manifestem, a sua opinião é muito importante.

 
Fátima F. Rocha em 30/08/2011 09:04:11
O vereador parece que está mal informado, pois o espaço a ser utilizado é da pista de bicicros que apesar de estar situada no horto florestal, nem capim tem, é um descampado que só.
 
Edimar Sales em 25/08/2011 08:10:39
Eu apóio plenamente o parlamentar, pois com a instalação desse trailer não irá demorar
muito para ter novamente aglomeração como acontecia antigamente com pagades.
 
Denis Luz Lara em 25/08/2011 08:09:06
Parece que o Vereador está desinformado, o pedido de retirada dos dogueiros já é uma luta de anos dos moradores do Centro como o Dona Neta e outros, é somente olhar as atas do Conselho Regional do Centro que se reúnem uma vez por mês. Outra desinformação é que o prosa e o segredo formam o Anhanduí (é somente olhar o mapa da cidade e a placa) e não anhanduizinho. E o lanchódromo está ocupando o espaço do bicicross que não possui qualquer importância ambiental. Vai fazer oposição contra outra coisa e não contra a população do Centro.
 
Fábio Silva em 25/08/2011 05:43:08
Discordo com o nobre vereador,o projeto do Prefeito é de suma importância, isso faz parte duma cidade que caminha ao rumo de metrópole,o prefeito nada mais está fazendo do que preparando nossa cidade pro futuro que está ai na nossa frente.Sabemos que todo tipo de mudança causam transtornos e estranhezas, isso é comum ao ser humano,mas acredito também, que o nobre vereador,deveria é apoiar o projeto,dar suporte a um prefeito visionário como o nosso.Tenho certeza que a referida obra será sim fiscalizada por aqueles que competem a isso,ao mesmo tempo,creio que essa obra será referência e exemplo a outros administradores do país como foi a instalação do camelódromo.
 
william souza rocha em 25/08/2011 05:16:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions