ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SÁBADO  16    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Além de uniformes, Bernal 'esqueceu' medalhas e deixou aluguel atrasado

Secretária de Educação afirma que município já renegociou débito

Por Mayara Bueno e Yarima Mecchi | 03/06/2017 09:54
Secretária de Educação, Ilza Mateus de Sousa.
(Foto: Alcides Neto).
Secretária de Educação, Ilza Mateus de Sousa. (Foto: Alcides Neto).

Além das dívidas com fornecedores de merenda escolar, uniformes escolares e até duas mil medalhas, a Prefeitura de Campo Grande encontrou dívida R$ 240 mil pelo aluguel de prédio onde abriga uma escola municipal na Capital, fruto da gestão passada. 

A informação é da chefe da Semed (Secretaria Municipal de Educação), Ilza Mateus de Sousa, que, neste sábado (3), participa da abertura do Festival Esportivo da Reme (Rede Municipal de Ensino).

A titular não detalhou qual a instituição de ensino cujo aluguel está atrasado, mas afirmou que o município está buscando solucionar os problemas e “suprir as necessidades com qualidade”.

Dos seis prédios alugados pela pasta para abrigar instituição de ensino, o aluguel atrasado se refere a apenas um local e compreende 2015 e 2016. Ao todo, o município tem 94 escolas. 

Ilza não quis dizer qual a escola cujo prédio está em atrasado, mas afirmou que a dívida já foi negociada e a prefeitura começará a fazer o pagamento. Mesmo com a situação, a titular afirma que não falta qualquer material ou estrutura para os estudantes.

Medalhas e uniformes - A informação foi repassada quando a secretária comentava sobre 2 mil medalhas da gestão passada – premiação do festival – que foram encontradas no almoxarifado da secretaria. As medalhas servirão para o evento deste ano, que, segundo a prefeitura não terá custo, em contrapartida dos R$ 43 mil gastos em 2016.

A atual administração também encontrou, em março deste ano, 85 mil peças de uniformes escolares de 2016, que não tinham, até então, sido entregues para os alunos. Segundo o prefeito Marquinhos Trad (PSD), na ocasião, foi pedido um inventário para saber quanto foi investido e o motivo de estar parado no estoque do Executivo Municipal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário