ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUARTA  19    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Aluno ferido em escola contou aos colegas que estava armado

Disparo ocorreu no Colégio Adventista, no Jardim dos Estados – região nobre de Campo Grande

Guilherme Henri e Geisy Garnes | 17/10/2018 18:20
Menino de 9 anos sendo socorrido pelos bombeiros (Foto: Paulo Francis)
Menino de 9 anos sendo socorrido pelos bombeiros (Foto: Paulo Francis)

O aluno de 9 anos ferido com um tiro de calibre 6.35 na tarde desta quarta-feira (17) chegou a dizer aos colegas de turma que estava armado desde que entrou no Colégio Adventista, no Jardim dos Estados – região nobre de Campo Grande. Segundo um amigo de turma, a arma estava dentro da mochila e o menino disparou ainda dentro da sala de aula, durante uma aula de geografia.

A criança estuda no 4º ano do colégio. De acordo com colega de sala, durante a aula de geografia o menino teria tirado a arma da mochila e disparado acidentalmente. “Ouvimos um barulho e ele disse ‘ai’. Nessa hora, a professora o pegou e saiu correndo da sala”, detalhou o colega.

O clima é de tensão entre os pais e alunos. Alguns chegaram a sair chorando de dentro do colégio. “Foi só um susto graças a Deus”, desabafou mãe, que preferiu não se identificar.

Conforme o jornalista Adriano Hany, diante destes casos, o medo e a apreensão não passam até que você veja que seu filho está realmente bem. “A escola se comprometeu a fazer uma reunião com os pais”, adiantou.

Além disso, a direção do colégio informou que deve emitir uma nota oficial sobre o caso.

Tiro - Na tarde desta quarta-feira (18) o aluno de 9 anos entrou armado na escola e disparou contra a própria coxa. A mesma bala teria atingido também o pé do garoto.

A criança é filha de um agente da perícia. O aluno disparou por volta das 16h30 e meia hora depois foi socorrido em uma ambulância particular da empresa Qualisalva e levado para o Proncor e depois para o Prontomed da Santa Casa de Campo Grande.

O trânsito na região ficou tumultuado devido à saída dos alunos do colégio e ao fato de a rua ter sido fechada pelas equipes de polícia.

Rua foi fechado pela PM e trânsito no local é complicado (Foto: Paulo Francis)
Rua foi fechado pela PM e trânsito no local é complicado (Foto: Paulo Francis)

Nos siga no Google Notícias