ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 22º

Capital

“Ama sua mãe?”: veganos fazem apelo pela causa animal e “ganham” buzinadas

Grupo trouxe o tema para discussão em alusão ao Mês da Mães

Por Kamila Alcântara | 25/05/2024 11:29
Leandro e Allan seguram faixa com temática vegetariana em semáforo da avenida Afonso Pena (Foto: Alex Machado)
Leandro e Allan seguram faixa com temática vegetariana em semáforo da avenida Afonso Pena (Foto: Alex Machado)

Um ponto sensível da cadeia produtiva da carne é tema das ações de maio da SVB (Sociedade Vegetariana Brasileira) no Mato Grosso do Sul: a separação das vacas de suas crias. Mesmo com o frio deste sábado (25), no semáforo em frente ao Shopping Campo Grande, veganos levaram uma faixa com os dizeres “se você ama sua mãe, buzine!” para chamar atenção das pessoas para esse tema.

Nos panfletos, que estão sendo usados em trabalhos por todo país, eles alegam que as vacas “leiteiras” são submetidas a frequentes processos de inseminação artificial e os bezerros são separados ao nascer.

“Esse processo, comum na cadeia produtiva, causa dor e sofrimento para as vacas e também para os bezerros. Os animais também sentem saudade, choram e têm sentimentos com tudo ao seu redor. Trouxemos essa pauta principalmente por ser o mês das mães”, defende Idalene Rocha, 37 anos, representante da SBV na Capital.

Depois que os motoristas respondiam com as buzinas, os voluntários Allan Arantes e Leandro Carvalho, de 28 e 27 anos, pedem "1 minuto de silêncio para as mães que são separadas dos seus filhos".

Voluntários Allan, Leandro e Idalene em ação na avenida Afonso Pena (Foto: Alex Machado)
Voluntários Allan, Leandro e Idalene em ação na avenida Afonso Pena (Foto: Alex Machado)

"Acho que um tema importante e que é apenas um momento do dia, durante o mês todo, que dedicamos a causa que acreditamos. Está muito frio, mas é o mínimo que podemos fazer", acredita Allan.

Além da mensagem de sensibilização, os voluntários entregam panfletos com opções vegetais que substituem o leite de vaca, as bebidas feitas de aveia ou requeijão de inhame. Também esclarecem as consequências do consumo de carne, em que 1 kg de carne bovina pode chegar e emitir 335 kg de gás carbônico.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias