A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

30/08/2011 14:04

Ambientalista pede que OAB-MS impeça transferência de dogueiros

Edmir Conceição

O coordenador de Meio Ambiente do Cedampo (Centro de Documentação e Apoio aos Movimentos Populares), Haroldo Borralho, protocolou hoje junto à OAB-MS, ofício solicitando a intervenção da Comissão de Meio Ambiente da Ordem na questão da transferência dos dogueiros da Avenida Afonso Pena para o Horto Florestal.

Ele alega que o processo está sendo feito sem transparência nem discussão com os principais interessados: os moradores do entorno do Horto e os usuários daquele espaço público. “Não se discutiu também no Conselho Municipal de Meio Ambiente. Trata-se de um desvio de finalidade de um espaço público, sem debate nenhum sobre os seus impactos.”

Para Haroldo, a área da pista de BiciCross poderia ser usada para ampliar a quantidade de árvores, plantas diversas, a pista de caminhada e área de lazer. “Isto sim seria integrar de fato a ex-pista de Bicicross, cuja desativação também não foi conversada com os seus usuários, com o Horto. Não é para isso que existe o Horto? Um espaço para a prática de caminhadas e ginástica, lazer e uma reserva de área verde pública no centro de Campo Grande? Não vemos onde a transferência dos dogueiros da Afonso Pena para lá atende a essa finalidade do Horto, que como diz o nome, deveria ser Florestal”, questiona.

(Com informações do Cedampo)

Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...
Homem tem corpo queimado em acidente doméstico e morre na Santa Casa
Após dois dias internado, José Loureiro da Cruz, 49 anos, morreu por volta das 6h30 desta sexta-feira (15) na Santa Casa em decorrência de acidente d...


Sou moradora do Bairro Sargento Amaral, que fica ao lado do Horto Florestal e, tanto eu, quanto muitos outros moradores de lá, não fomos questionados sobre a implantação do lanchódromo, que por sinal eu sou TOTALMENTE CONTRA, da mesma forma que moradores da Avenida Afonso Pena são com relação a manter os trailers na Avenida .

Concordo e acho totalmente justo que os "dogueiros" tenham um lugar próprio, digno, mas não vejo o Horto como lugar ideal, pois o Horto Floretal, como o próprio nome já diz, tem a finalidade de preservação ao meio ambiente, saúde, estudos (tem uma biblioteca)/ educação, dentre outras coisas que não são compatíveis com o lanchódromo; pois como foi dito por moradores da Avenida Afonso Pena, junto com os Trailers de lanche vem frequentadores urinando no portão da sua casa, lixo e restos de comida jogados no chão, poluição sonora e ambiental, etc...

 
LUANA MARTINS em 31/08/2011 10:12:20
Sou moradora nesse bairro por muitos anos, e não concordo com que os dogueiros se estabeleça no horto florestal, o próprio nome ja diz horto florestal combina com silêncio, descanço, muitas pessoas que conheço também estão criticando, não querem. Hoje há um número muito grande de pesssoas da 3º idade que frequentam esse local em busca de saúde. O que deveria fazer era uma boa reforma, fazer um bom parquinho para as crianças, arrumar as pistas de caminhadas, colocar a lanchonete para funcionar e continuar com o orquidário que era bastante visitado. Arrumar as calçadas ao redor e manter limpo as fontes e banheiros. Continuar com atividades culturais nos finais de semanas para os jovens e crianças , colocar mais iluminações e segurança para o parque funcionar até as 20 horas, favorecendo maior número de pessoas a frequentar esse espaço.
 
Fátima Fernandes em 30/08/2011 08:38:13
Deviam é acabar com esse tipo de comércio.
Sem estrutura e higiene.
 
Orlando Lero em 30/08/2011 02:51:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions