ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Amigos e familiares preparam homenagem para missa de 7º dia de Mayara

Cerimônia será realizada às 19h desta segunda-feira (31), na comunidade São João Bosco, localizada na Rua Paraíba, 1787

Por Luana Rodrigues | 31/07/2017 15:08
Mayara em apresentação de música. (Foto: Reprodução/ facebook)
Mayara em apresentação de música. (Foto: Reprodução/ facebook)

Será realizada nesta segunda-feira (31), às 19h, a missa de 7º dia de Mayara Amaral, 27 anos. Amigos e familiares planejam uma homenagem a musicista e mestre, morta de maneira brutal no dia 24 deste mês.

Conforme a família da jovem, a missa será realizada na comunidade São João Bosco, localizada na Rua Paraíba, 1787, localizada na Vila Gomes, em Campo Grande. Entre as homenagens, está prevista uma apresentação do músico, Pieter Rahmeier, ex-marido de Mayara, entre outros artistas amigos e conhecidos da jovem.

Crime - Três homens foram presos pela morte da musicista. De acordo com as investigações, um dos suspeitos, Luis Alberto Bastos Barbosa, 29 anos, que é músico, alegou que tinha um relacionamento com a vítima e combinou um encontro com ela no motel, por volta das 22h de segunda-feira (24).

De acordo com a investigação, ele levou um amigo para o encontro, Ronaldo da Silva Olmedo, 30 anos. As circunstâncias em que a jovem acabou no local com os dois homens não foram esclarecidas.

O plano da dupla, conforme a investigação, era roubar o carro e outros pertences de Mayara, e depois assassiná-la. Conforme a investigação, quando ela percebeu a emboscada, tentou reagir, mas acabou morta, ainda segundo as informações divulgadas pela polícia. Com ajuda de um terceiro homem, Anderson Sanches Pereira, 31 anos, o corpo foi parcialmente carbonizado, e jogado na região do Inferninho.

A defesa de Luis Alberto afirma que ele não viu o momento da morte e que participou apenas da ocultação do corpo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário