ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Ao verificar conserto, cliente acha mecânico morto em oficina

Corpo foi arrastado por 18 metros de onde provavelmente a vítima foi assassinada

Por Mirian Machado | 15/03/2021 17:41
Crime foi registrado como homicidio simples na Depac do Cepol (Arquivo)
Crime foi registrado como homicidio simples na Depac do Cepol (Arquivo)

Airton Romão, de 49 anos, foi encontrado morto no fim da manhã desta terça-feira (15), no Jardim Monte Alegre, em Campo Grande. O corpo estava a cerca de 18 metros de onde teria ocorrido o assassinato.

A vítima era mecânico e foi encontrada caída na oficina por um cliente. O homem contou que por volta das 12h20 foi ao local, que fica na Rua Horto das Oliveiras, verificar se o conserto do veículo havia acabado, quando viu o profissional no chão.

No local, ainda estavam outros três veículos, um VW Gol, Ford Ka e uma caminhonete Peugeot.

Segundo a perícia, o corpo foi arrastado por 18 metros de onde o homem provavelmente foi morto. Foram encontradas ainda lesões do lado direito do rosto. Digitais foram colhidas para a investigação.

À polícia, a família contou que Romão era dependente químico há muitos anos.

O crime foi registrado como homicídio simples na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário