A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Abril de 2019

30/01/2019 14:04

Apicultor chama polícia e bombeiros, mas cadáver no mato é de cachorro

“Nem toquei no saco para não deixar minhas digitais. Pensei, depois para eu provar que eu não tenho nada a ver com isso vai ser difícil”, contou Basílio Avelino Neto, que achou o "corpo"

Anahi Zurutuza e Kerolyn Araújo
Bombeiros durante as buscas em mata onde supostamente havia corpo (Foto: Kerolyn Araújo)Bombeiros durante as buscas em mata onde supostamente havia corpo (Foto: Kerolyn Araújo)

Um criador de abelhas chamou a polícia e o Corpo de Bombeiros ao avistar suposto corpo em saco de lixo no meio de matagal em propriedade rural nos fundos do bairro Maria Aparecida Pedrossian – bairro do leste de Campo Grande. O cadáver, contudo, era de um cachorro.

O animal estava enrolado em um cobertor dentro do saco azul. O apicultor desconfiou que se tratava de corpo humano porque perto do local havia um chinelo jogado, além do mau cheiro.

“Nem toquei no saco para não deixar minhas digitais. Pensei, depois para eu provar que eu não tenho nada a ver com isso vai ser difícil”, contou Basílio Avelino Neto, 58 anos, admitindo o susto.

O criador estava voltando da “visita” diária que faz às caixas onde as abelhas produzem mel e decidiu chamar um policial que mora na Rua Tibagi. O vizinho chamou então o Corpo de Bombeiros.

Saco de lixo azul onde corpo de cachorro estava enrolado em cobertor (Foto: Kerolyn Araújo)Saco de lixo azul onde corpo de cachorro estava enrolado em cobertor (Foto: Kerolyn Araújo)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions