A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

28/01/2019 12:02

Matança continua: corpo é encontrado crivado de balas em lavoura de soja

Corpo estava ao lado da Linha Internacional, na mesma estrada onde comerciante foi vítima de latrocínio nesta segunda-feira

Helio de Freitas, de Dourados
Policial no local onde homem foi encontrado morto nesta manhã (Foto: Porã News)Policial no local onde homem foi encontrado morto nesta manhã (Foto: Porã News)

As mortes violentas não param na fronteira. Nesta manhã, um homem ainda não identificado foi encontrado morto em uma lavoura de soja ao lado da Linha Internacional, estrada de terra que divide o Paraguai de Mato Grosso do Sul.

O homem levou vários tiros na cabeça e possivelmente tenha sido morto em outro local e jogado na beira da estrada. O corpo foi encontrado perto da Colônia Cerro Quatiá, que fica entre as cidades de Aral Moreira e Coronel Sapucaia, mas no Paraguai.

Na mesma estrada, mas a alguns quilômetros desse local, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (28) o comerciante brasileiro Jorge Donizete da Silva, dono de uma olaria no distrito de Vila Marques, a 10 km de Aral Moreira, a 364 km de Campo Grande.

Ele foi assassinado dentro de uma picape Fiat Strada e a polícia suspeita de latrocínio (roubo seguido de morte). A picape estava parada na estrada de terra.

Os assassinatos ocorrem quase diariamente na Linha Internacional, principalmente no trecho entre Ponta Porã/Pedro Juan Caballero e Coronel Sapucaia/Capitán Bado.

Desde a semana passada a polícia sul-mato-grossense desenvolve a Operação Fronteira em Alerta nesse trecho da divisa entre os dois países. A região sofre com a guerra entre traficantes e aumento dos assaltos e sequestros.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions