ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SEXTA  19    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Após incêndio, Camelódromo fecha para treinamento antifogo

Local reabre a partir das 12h; funcionários e lojistas participaram do curso na manhã desta terça

Por Natália Olliver e Antônio Bispo | 21/02/2024 11:26
Treinamento anti-incêndio aconteceu na manhã desta segunda (Foto: Henrique Kawaminami)
Treinamento anti-incêndio aconteceu na manhã desta segunda (Foto: Henrique Kawaminami)

Após o incêndio do último domingo (11), o camelódromo fechou as portas na manhã deste terça-feira (21) até o 12h, para treinamento "antifogo" de lojistas e funcionários. O curso é realizado anualmente, mas de portas abertas ao público. Neste ano, para aumentar a participação, o presidente Narciso Soares optou pelo fechamento.

“Em anos anteriores fazia com camelódromo aberto, por conta disso tinha participação menor das pessoas, porque muitos estavam trabalhando. É importante todos saberem usar o extintor, saber onde estão localizados as mangueiras e hidrantes e o funcionamento. O treinamento pode ser utilizado não só aqui, mas pra vida”, disse Narciso Soares.

Ele explica que no local há 473 boxes e 2 mil pessoas trabalhando. O presidente também revelou que nesta sexta-feira (23) deve se reunir com a prefeitura para pra reestruturar os box queimados.

João Paulo Ribovski, sargento responsável pelo curso, ressaltou que a obrigatoriedade de lojistas realizarem o curso foi estipulada após a tragédia da Boate Kiss, em 2013.

“O brigadista vai ser capacitado a combater o princípio de incêndio, essa mudança após tragédia aconteceu para que justamente os estabelecimentos comerciais saibam prevenir e atuar em casos assim. Esses funcionários que participam aprendem a impedir o começo da propagação do fogo e evitar que tome grandes proporções”.

Lojista Maiko Rian participa de treinamento após incêndio (Foto: Henrique Kawaminami)
Lojista Maiko Rian participa de treinamento após incêndio (Foto: Henrique Kawaminami)

Conforme o sargento, os lojistas e funcionários aprenderam técnicas de primeiros socorros, a como utilizar os extintores, acionar o alarme, evacuar a área e utilizar mangueira, caso seja preciso.

Maiko Rian, de 37 anos, é dono de um box no camelódromo há 15 anos. Essa é a primeira vez que ele participa do treinamento. “É bacana aprender tudo isso, porque isso é importante pro individual e coletivo. Com certeza agora sei como me portar em situações como essa".

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias