A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

03/05/2014 11:34

Após levar calote de empresa "falida", ex-funcionário é preso ao furtá-la

Francisco Júnior

Um ex-funcionário da empresa Filizola foi preso na madrugada de hoje (3) depois de tentar furtar objetos na sede da empresa, que fica na avenida Costa e Silva, na Vila Progresso, em Campo Grande.

De acordo com a Polícia, acompanhado da mulher, o funcionário entrou no local usando uma chave que ainda tinha da empresa. No momento em que saia do prédio com vários objetos, ele e a mulher foram flagrados por policiais militares.

O casal foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Na delegacia, o trabalhador justificou o roubo afirmando que ainda não recebeu o dinheiro que a empresa ainda lhe deve e está passando por problemas financeiros.

O funcionário está entre os 60 que foram demitidos pela Filizola, empres que fabricava balanças, no ano passado. Segundo o diretor do STIMMME/MS (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e Materiais Elétricos), Alberto Sebastião Alvarenga, a situação dos ex-funcionários da empresa é critica.

De acordo com o sindicalista, a empresa até agora não deu baixa na carteira, não pagou a recisão e muito menos depositou o FGTS dos trabalhadores. “Em dezembro teve uma audiência no Ministério do trabalho para resolver a situação, mas a empresa se quer mandou um representante”, relatou. 

O ex-funcionário e a mulher continuam presos na delegacia já que para o crime de furto não cabe fiança. A família do casal já contratou um advogado.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions