A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

26/11/2017 10:20

Após temporal, bombeiros atendem 35 ocorrências na manhã de domingo

Maioria dos casos é de quedas de árvores em residências e carros, além de destelhamento de casas

Leonardo Rocha e Mirian Machado
Bombeiros estão no local para remover árvore (Foto: Marcos Ermínio)Bombeiros estão no local para remover árvore (Foto: Marcos Ermínio)

O Corpo de Bombeiros e Defesa Civil têm atendido várias ocorrências na manhã desde domingo (26), em Campo Grande, em função dos danos causados pela chuva forte de ontem (25). A maioria dos casos se trata de queda de árvores sobre residências, veículos e fiação elétrica, além de destalhamento de casas.

No bairro Noroeste, durante a chuva de ontem, uma árvore de nove metros caiu sobre a fiação elétrica, na rua Água Branca, deixando uma residência sem luz. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas devida as ocorrências, foi apenas nesta manhã (26) ao local, para fazer a retirada.

O estoquista Willian da Silva Costa, de 22 anos, explicou que a árvore caiu em frente da sua casa, mas que não houve danos para residência, apenas ficou sem luz. "Passamos a noite ontem, à luz de velas, além disto, também roubaram a fiação de energia", contou ele. Os bombeiros estão usando duas motosserras e interditaram a rua, até toda árvore seja removida.

Na Rua Dona Júlia Serra, na Vila Marli, árvore do quintal de uma casa caiu por volta das 15h de sábado sobre a fiação e derrubou parte do muro do vizinho. A sibipiruna de cerca de 8 metros atingiu o muro da residência do pedreiro Manoel Pereira Leite, de 71 anos, que mora há 20 anos no bairro. Até agora a família está sem energia. "Além do muro, perdi o aparelho da internet e o do telefone porque eles foram parar no chão e quebraram quando a árvore caiu e acabou puxando os fios." 

Árvore caiu sobre veículo no bairro Rita Vieira (Foto: Marcos Ermínio)Árvore caiu sobre veículo no bairro Rita Vieira (Foto: Marcos Ermínio)

Já no bairro Rita Vieira, região sul da cidade, uma árvore de 15 metros caiu sobre um veículo, dentro do quintal da residência. A professora Marina dos Santos Barros, de 50 anos, estava estacionado o carro, quando o acidente ocorreu. Ela teve leve escoriações, e o veículo teve toda parte de trás destruída.

Marina contou que havia tirado o carro da rua, justamente porque estava debaixo de uma árvore, mas a precaução não adiantou. A queda da árvore ocorreu ontem (25), final da tarde, mas só agora os bombeiros estão a removendo, devido ao número de ocorrências.

No cruzamento da avenida Bandeirantes com a rua Paysandu, no bairro Amambaí, os ventos fortes derrubaram a fiação elétrica sobre a pista, trazendo transtornos para motoristas. Ônibus que passam pelo local têm dificuldades para não encostar nos fios.

No começo da madrugada de hoje (26), por volta das 12h23, uma árvore também caiu sobre uma residência no bairro Los Angeles, região sul da cidade, na rua Gumercindo Garcia Barbosa. De acordo com a Defesa Civil, eles estão atendendo muitas ocorrências nos bairros Serradinho, Nha-Nha e Vila Planalto. No Vespasiano Martins cinco casas foram destelhadas.

Ontem - Chuva acompanhada com ventos fortes atingiu várias regiões da capital, na tarde de ontem. Houve queda de raios, de árvores e de ruas alagadas. Segundo o Corpo de Bombeiros, ao menos 20 ocorrências por causa do temporal foram registradas.

Durante temporal, quatro pessoas ficaram presas após uma árvore cair sobre o carro em que estavam, dentro do condomínio Portal do Segredo, que fica na Rua João Hiran de Abreu, no Bairro Mata do Segredo, próximo à UCDB (Universidade Católica Dom Bosco). Um poste de energia elétrica ficou pendurado pelos fios após a queda de uma árvore, na Rua Arthur Jorge com a José Oliva, no Bairro Monte Castelo.

Árvore caiu sobre fiação elétrica também na Avenida Bandeirantes (Marcos Ermínio)Árvore caiu sobre fiação elétrica também na Avenida Bandeirantes (Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions