ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Após tiros em feira, confusão em unidade de saúde causa pânico

Por Nadyenka Castro e Paula Maciulevicius | 04/02/2012 16:30

Os baleados receberam atendimento médico no Universitária e houve tumulto no local

Segundo relatos ao Campo Grande News, invasão no posto foi pela porta de acesso de vítimas em ambulância. (Foto: Marlon Ganassin)
Segundo relatos ao Campo Grande News, invasão no posto foi pela porta de acesso de vítimas em ambulância. (Foto: Marlon Ganassin)

Após três pessoas terem sido baleadas na feira do Jardim Monumento, em Campo Grande, na noite dessa sexta-feira, a unidade de saúde para onde elas foram levadas foi cenário de confusão. Funcionários e pacientes ficaram em pânico.

De acordo com relato de uma funcionária ao Campo Grande News, após as vítimas dos disparos de tiros chegar ao local, um bando de rapazes com armas de fogo invadiu a unidade.

Segundo ela, houve disparos de tiros, muita gente se jogou ao chão, trabalhadores se trancaram no banheiro e no chão ficaram manchas de sangue.

Conforme os relatos da trabalhadora, os autores invadiram a unidade de saúde pela porta de acesso de vítimas que chegam em ambulâncias.

A PM (Polícia Militar) nega que tenha havido confusão no local e tiros. Afirma apenas que houve disparos na feira.

A Guarda Municipal também nega que tenha havido tiros na unidade de saúde e explica que familiares das vítimas foram ao local e queriam entrar nas salas de atendimento.

Diante disso, houve impasse, sem tiros, e uma equipe da Guarda Municipal foi chamada para reforçar a segurança no local.

No boletim de ocorrência sobre o caso constam apenas informações sobre os tiros na feira.

Feira - Três pessoas foram baleadas por volta das 23h30min. Uma delas, Jhonatan Luiz Marques Rodrigues, 23 anos, morreu. Os outros dois rapazes tem 24 e 17 anos. Um deles foi ferido na virilha.

Jhonatan possuía passagens pela Polícia por desobediência e porte ilegal de arma de fogo. No último dia 15 foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, sendo solto no dia seguinte.

Os três estavam próximos a dois veículos, com som em volume alto, e em um determinado momento um rapaz se aproximou, bateu no ombro de um deles e atirou.

As vítimas foram socorridas por populares para atendimento médico. No bairro, a informação é de que os baleados e o autor tinham desentendimento antigo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário