A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/04/2012 09:10

Após transferência de agressor, estudante que apanhou em escola volta às aulas

Mariana Lopes

Diretoria do Caic confirmou que o adolescente agressor foi transferido para outro colégio

O rosto do menino ficou inchado e roxo por causa da queda (Foto: Marlon Ganassin)O rosto do menino ficou inchado e roxo por causa da queda (Foto: Marlon Ganassin)

Após ficar 12 dias afastado da escola, por ter sido agredido pelo colega dentro da sala de aula, o filho da funcionária pública Mônica Gonçalves de Oliveira, 38 anos, voltou ontem a frequentar as aulas no Caic Rafaela Abrão,no bairro Guanandi, em Campo Grande.

Segundo a mãe, o garoto, de 12 anos, está com o rosto bem melhor e se sentiu seguro de voltar à escola quando soube que o adolescente que o agrediu havia sido transferido de lá.

“Ele gosta da escola, disse que foi bom voltar, que os colegas o receberam bem”, conta Mônica. Ela diz que antes do filho retornar conversou com a diretora da escola, que garantiu que o aluno não estudava mais lá.

A reportagem do Campo Grande News entrou em contato com a diretoria do Caic, que confirmou a transferência do adolescente.

Caso – No dia 27 de março, um adolescente de 15 anos agrediu o colega de classe, de 12 anos, durante a aula de Educação Artística, no Caic Rafaela Abrão. Segundo a vítima, o garoto lhe deu uma “gravata” após ele ter chacoalhado o pincel molhado e ter respingado alguns pingos de água no agressor.

O menino de 12 anos, filho da Mônica, chegou a desmaiar e bateu o rosto no chão, que ficou inchado e roxo. Ele foi encaminhado para o hospital e levou três pontos no supercílio.

Confundido com ladrão, homem causa acidente e acaba agredido
Flávio Guimarães Fernandes, 39 anos, foi confundido com ladrão e agredido por moradores após se envolver em acidente. O caso aconteceu na madrugada d...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


Lamentavel esse fato dentro de uma escola. A escola deveria ocupar melhor o tempo dos alunos, assim nao sobraria espaço para agressões. Nessa escola, os alunos ficam, em determinadas aulas, muito dispersos, talvez pelo despreparo de alguns professores ou por causa da omissão da direção, que também e despreparada para o cargo. Devemos olhar mais para nossas escolas.....
 
Alex ferreira em 10/04/2012 12:41:02
E os pais olharem mais seus filhos, porque a educação vem de casa...
 
Dilma Prado em 10/04/2012 02:52:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions