A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

17/04/2012 21:20

Apreensão de jovens usando drogas expõe antigo problema da Área Central

Nyelder Rodrigues e Mariana Lopes
Segundo a polícia, todoa semana há ocorrência de alunos consumindo drogas nas redondezas da escola (Foto: Pedro Peralta)Segundo a polícia, todoa semana há ocorrência de alunos consumindo drogas nas redondezas da escola (Foto: Pedro Peralta)

Os adolescentes apreendidos após serem flagrados consumindo drogas nas redondezas do Mercadão Municipal e Camelódromo, colocaram um antigo problema da região novamente em evidência.

Na manhã de hoje, um jovem de 17 anos foi encontrado dentro de uma sala do Traje (Projeto Travessia Educacional do Jovem Estudante) e outros seis estudantes na saída do estabelecimento, todos usando maconha.

O garoto flagrado dentro da sala de aula foi descoberto após um Guarda Municipal que faz a segurança do local sentir um forte cheiro e, em seguida, deparar-se com a situação. O jovem apreendido é usuário desde os 15 anos.

Problema - Quase todos os dias a Polícia Militar (PM) é acionada para atender ocorrências relacionadas ao problema no local, principalmente pelo uso de drogas, tanto durante o dia, por conta de estudantes do estabelecimento, como à noite, por conta de usuários de drogas que ali ficam.

Conforme o fiscal de Policiamento Ostensivo da Área Central do 1º Batalhão da PM, sargento Romão, a situação envolvendo entorpecentes e armas é um problema em todo lugar.

Entretanto, o sargento também crê que haja um diferencial na área. “O problema aqui é peculiar”, declara.

Ainda na rua Anhanduí, logo mais a frente do prédio do Traje, o antigo Colégio Oswaldo Cruz, os comerciantes, que preferiram não se identificar, reclamam do ambiente do local. “Aqui há muita droga, sexo, e até alguns já foram assaltados”, comenta um deles.

“Quando acontece algo mais grave, todos somem porque a polícia fica mais presente aqui l”, afirma outro comerciante.

Colégio - Alguns alunos do Traje confidenciaram à reportagem que muitos colegas eram usuários de drogas. Entretanto, os alunos sempre consomem entorpecentes na entrada e saída, sendo essa a primeira vez que um aluno é pego usando dentro do colégio.

Para o sargento Romão, a comercialização de drogas que há no local não tem relação com o consumo dos adolescentes do Traje, tendo em vista que a venda é muito rápida. Ele crê que eles já chegam ao local com as drogas.

Os jovens flagrados consumindo drogas disseram ter comprado o produto na Praça do Rádio Clube.

Direção - A reportagem do Campo Grande News entrou em contato com a direção da escola, mas os responsáveis não quiseram se pronunciar sobre o caso.

Rua lateral do camelódromo, ponto crítica de tráfico de drogasRua lateral do camelódromo, ponto crítica de tráfico de drogas
Rua detrás do colégio, onde os adolescentes foram flagrados fumando maconha, na manhã de hojeRua detrás do colégio, onde os adolescentes foram flagrados fumando maconha, na manhã de hoje
Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


TEMOS QUE NOS ATENTAR E CONHECER O TRABALHO QUE É FEITO PELOS PROFISSIONAIS DESTA ESCOLA...E OS RESULTADOS POSITIVOS TAMBÉM QUE A MESMA JÁ CONSEGUIU COM OS ESTUDANTES QUE LÁ ESTUDARAM.... POIS QUALQUER FATO QUE OCORRE NAS REDONDEZAS ONDE A ESCOLA ESTÁ SITUADA..TEM UMA MAIOR PROPORÇÃO EM RELAÇÃO AS OUTRAS ESCOLAS CAMPOGRANDENSES...
 
jose nogueira de farias em 18/04/2012 11:16:40
Oswaldo Cruz (TRAJE) é uma excelente escola e possui professores, coordenadores e diretores competentes. Entretanto, esse tipo de responsabilidade são das famílias que não contribuem de nenhuma maneira para a educação e aprendizagem de seus filhos. Colocar a culpa nos educadores é um equívoco muito grande.
 
Johnny Daniel Nogueira em 18/04/2012 10:45:15
Concordo contigo Johnny Daniel Nogueira, a população tem que parar de encontrar o problema em todos e rever suas atitudes começando dentro de seus lares.
 
LEONARDO ROSA DOS SANTOS em 18/04/2012 02:07:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions