A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Abril de 2019

04/02/2019 11:51

Assaltante de BMW se entrega ao lado da mãe e ela diz estar “aliviada”

A BMW 320i roubada na madrugada do dia 23 de janeiro de um médico dentro do estacionamento da Santa Casa de Campo Grande

Viviane Oliveira e Kerolyn Araújo
Hudson se entregou à polícia nesta manhã (Foto: divulgação) Hudson se entregou à polícia nesta manhã (Foto: divulgação)

Um dos envolvidos no roubo de uma BMW 320i no estacionamento da Santa Casa de Campo Grande na noite do dia 23 de janeiro, Hudson Nogueira Prado Júnior, 21 anos, se entregou nesta manhã (4) na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga ao lado da mãe, que pediu para não se identificar, e do advogado de defesa, José Hamilton de Souza. “Estou aliviada”, disse a mulher à reportagem. O comparsa dele de 20 anos foi preso no dia seguinte ao crime dirigindo o carro no município de Miranda.

Segundo José, Hudson morava com a avó num bairro na saída para Cuiabá e desde o crime estava foragido. Ontem, o rapaz foi até uma clinica de recuperação de dependente químico por onde passou quando tinha 14 anos para pedir ajuda. Lá, segundo relatos de Hamilton, a pastora, Sheila Mateus, responsável pela ONG, o convenceu a procurar a polícia para se entregar. “Ele chegou alegando que precisava de ajuda e temia pela a sua vida”, disse o advogado.

Hoje de manhã, o rapaz se entregou à polícia. Aliviada, a mãe contou que o filho tem problemas com drogas desde 2015. Ele já foi internado em várias clinicas de recuperação e chegou a ficar sem drogas, mas segundo a mãe teve uma recaída após o término de um relacionamento.

Advogado José que acompanhou o jovem à delegacia (Foto:  Kerolyn Araújo) Advogado José que acompanhou o jovem à delegacia (Foto: Kerolyn Araújo)

“Ele vai pagar pelo o que fez, mas conforme a lei. Estou aliviada agora, porque sei que vou poder visitá-lo na prisão. Aqui fora ele corria risco de vida e pelo menos preso, sei que vai continuar vivo. A família inteira estava desesperada. Somos de bem. Foi a maldita droga que fez isso com o meu filho. Ele era trabalhador”, desabafou. Com mandado de prisão em aberto, Hudson foi levado para um presídio da cidade. Ele já tem passagem por receptação.

Caso -  Hudson e o comparsa de 20 anos, que não teve o nome divulgado pela polícia, roubou a BMW 320i de um médico de 38 anos na madrugada do dia 23 de janeiro. O crime aconteceu dentro do estacionamento da Santa Casa. O carro foi recuperado na manhã do dia seguinte pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) durante fiscalização na BR-262, em Miranda – a 201 quilômetros da Capital. 

O crime aconteceu por volta das 20h30, quando o médico chegava para o plantão. Armados, os dois homens obrigou a vítima a ir para o banco de trás e um deles assumiu a direção. O médico foi levado até um terreno baldio no Jardim Los Angeles. Ali, foi deixado com um dos assaltantes por cerca de duas horas. Durante esse tempo, ficou amarrado e recebeu ameaças de mortes. Por volta das 22h30, o suspeito deixou o local. Assim que ficou sozinho, o médico conseguiu se desamarrar, correu até uma casa da região e pediu ajuda ao morador.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions