A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

28/07/2016 09:51

Assassino muda visual para tentar despistar a polícia, mas acaba preso

Luana Rodrigues e Mara Riveiros
Robson Genove Baldonado, 24 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (28) e confessou o crime à polícia. (Foto: Marina Pacheco)Robson Genove Baldonado, 24 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (28) e confessou o crime à polícia. (Foto: Marina Pacheco)

Foragido desde o início deste mês, Robson Genove Baldonado, 24 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (28), na casa da namorada, localizada na Vila São Jorge da Lagoa, em Campo Grande. Ele confessou à polícia ter matado a tiros Eduardo Cavalcante Ribeiro, 24 anos, em uma festa julina, no Parque do Lageado, no dia 9 de julho.

De acordo com informações policiais, para se manter fora da prisão durante quase 20 dias, o rapaz deixou o cabelo crescer e ainda o pintou de loiro. Apesar de confessar que matou a vítima, não disse a motivação.

A polícia suspeita que Robson matou Eduardo por ciúmes de uma ex-namorada. O rapaz não confirmou essa versão à imprensa, durante apresentação na manhã de hoje.

A arma do crime, um revólver calibre 38, foi encontrado na casa da mãe de Robson, no bairro Dom Antonio. Ela estava escondida numa folhagem de bananeira. A polícia diz que a mulher não sabia que a arma estava na casa, nem sobre o crime cometido pelo filho.

Robson tem passagens pela polícia por outros crimes, inclusive, era Evadido do presídio da Gameleira, por tráfico de drogas.

Ele será encaminhado ao presídio, e vai responder por homicídio doloso, quando há intenção de matar.

Crime - Eduardo Cavalcante Ribeiro estava em uma festa na rua quando foi atingido pelos disparos, que, além de tirar sua vida, ainda atingiram uma mulher de 27 anos.

De acordo com o boletim de ocorrência, testemunhas relataram que a vítima estava em uma barraquinha da festa, juntamente com amigo, quando um homem se aproximou e começou a atirar.

Eduardo foi atingido e tentou fugir, mas acabou esbarrando em um pedaço de madeira e caiu. Momento em que o homem se aproximou da vítima e atirou várias vezes em sua cabeça.

O atirador fugiu. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A mulher foi socorrida passou por cirurgia e recebeu alta no dia seguinte ao crime.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions