ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Execução no Aero Rancho teve motivação passional e ordem partiu de presídio

Rikelmy Lorran, 22 anos, teria postado foto com mulher de preso e, por isso, foi sentenciado à morte

Por Silvia Frias e Bruna Marques | 23/05/2022 07:36
Última postagem de Rikelmy: letra da música "Oitavo Anjo". (Foto: Reprodução)
Última postagem de Rikelmy: letra da música "Oitavo Anjo". (Foto: Reprodução)

A morte de Rikelmy Lorran Figueiredo Toguiciole, 22 anos, foi encomendada de dentro de presídio, segundo apurou a reportagem do Campo Grande News. O rapaz foi assassinado com 6 tiros, em emboscada ocorrida no Bairro Aero Rancho.

Segundo apurado pela reportagem, a Polícia Civil já tem a identificação completa de um dos autores e o nome de outro. São pelo menos três envolvidos no crime, já que dois homens participaram da emboscada em motocicleta e o mandante, interno de presídio do Estado.

O motivo seria passional: Rikelmy Toguiciole postou foto nas redes sociais com a mulher do detento, o que desagradou o preso, e determinou a morte do rapaz.

Segundo familiares da vítima, ele havia acabado de chegar de Santa Catarina.

Nas redes sociais, o rapaz deixou apenas duas fotos. A última postagem de Rikelmy é do dia 17 de maio, um trecho da letra da música “Oitavo Anjo”, do grupo de rap 509-E, formado por Dexter e Afro X. “Acharam que eu estava derrotado, quem achou estava errado eu voltei, tô aqui si liga só, escuta aí, ao contrário do q vc queria, tô firmão, tô na correria, sou guerreiro e não pago pra vacilar, sou vaso ruim de quebrar.”

Morte – Rikelmy morreu no sábado (21), no cruzamento da Rua Gerbera com Avenida Arquiteto Vilanova Artigas, no Aero Rancho. Um vídeo obtido pela reportagem mostra momentos depois do rapaz ter sido atingido a tiros.

O vídeo mostra o rapaz tentando fugir dos atiradores. Já ferido, Rikelmy cruza um campo de futebol correndo e olhando para trás, tenta se proteger atrás de uma caminhonete, caminha mais um pouco e, na sequência, cambaleando, cai. Logo em seguida, os dois suspeitos pelo crime, que aparecem numa motocicleta Honda Biz, de cor cinza, fogem.

Segundo apurado pela reportagem, foi o garupa quem desceu e atirou na vitima, atingida com tiros de pistola 9 milímetros. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas o rapaz morreu antes da chegada do socorro.

Nos siga no Google Notícias