ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, TERÇA  21    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Bandidos destroem loja com carro, furtam roupas e prejuízo é de R$ 35 mil

Câmera de segurança do estabelecimento não registrou a ação dos suspeitos e veículo não foi identificado

Por Bruna Marques e Antonio Bispo | 23/04/2024 08:05
Fachada da loja ficou destruída (Foto: Henrique Kawaminami)
Fachada da loja ficou destruída (Foto: Henrique Kawaminami)

Bandidos usaram um carro, na madrugada desta terça-feira (23), para destruir a fachada de uma loja de roupas masculinas, na Rua Albert Sabin, na região do Bairro Taveirópolis, em Campo Grande. Após derrubar a porta e a grade do comércio, os suspeitos furtaram R$ 20 mil de mercadoria.

De acordo com o proprietário da loja, Alex Reinjak, 48 anos, ele recebeu ligação da empresa de segurança à 1h53, informando que o alarme do estabelecimento havia disparado. Em três minutos, o empresário chegou ao local, porque mora próximo e encontrou tudo destruído.

“Os criminosos utilizaram um carro para quebrar a fachada da loja e acessar o interior do estabelecimento. Coloquei sistema de segurança na loja, depois que bandidos entraram com um caminhão em uma loja de cosméticos que fica próximo daqui”, revelou.

Retrovisor do carro ficou no local após fuga dos bandidos (Foto: Henrique Kawaminami)
Retrovisor do carro ficou no local após fuga dos bandidos (Foto: Henrique Kawaminami)

A porta de Blindex da loja, que foi aberta há quatro meses, estava protegida com uma grade, ambas foram destruídas com o impacto da batida. Apesar de ter câmera de segurança no local, a ação dos bandidos não foi registrada, sendo assim, o empresário não conseguiu identificar o modelo e a placa do carro.

“A empresa não colocou o cartão de memória e as câmeras não registraram o furto. Agora vai processar a empresa porque eu pago pelo serviço”, afirmou.

Para tentar identificar os criminosos, Alex vai pedir as imagens de monitoramento de estabelecimentos vizinhos. A loja possui seguro e o prejuízo total calculado pelo empresário está em torno de R$ 35 mil, sendo que R$ 15 mil é do conserto da fachada e R$ 20 mil das roupas furtadas.

Decepcionado e de mãos atadas com a criminalidade na região, Alex afirma que não sabe mais o que fazer. “Sensação de abandono, porque ligamos para a polícia, eles vêm aqui, mas não tem o que fazer. Eu não já sei mais que tipo de segurança colocar na loja, já investi em tudo que podia”, concluiu.

Proprietário observando estrago (Foto: Henrique Kawaminami)
Proprietário observando estrago (Foto: Henrique Kawaminami)

Durante a madrugada, equipes da Polícia Civil e perícia estiveram no local, mas até o momento os suspeitos e o carro usado na ação não foram identificados.

A reportagem entrou em contato com a empresa EMIVE, responsável pela segurança do local, e o suporte técnico informou que um técnico do setor de sinistro vai até a loja verificar se foi problema na câmera, no cartão de memória ou se realmente o equipamento estava sem o dispositivo que registra as imagens. Além disso, foi relatado que o seguro será acionado e todo suporte será oferecido ao cliente.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias