A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

10/12/2012 15:12

Bandidos ferem policial e levam R$ 200 mil durante roubo em banco

Marta Ferreira e Nícholas Vasconcelos
Tiroteio ocorreu na agência do banco HSBC, localizado na avenida Afonso Pena (Foto: Rodrigo Pazinato)Tiroteio ocorreu na agência do banco HSBC, localizado na avenida Afonso Pena (Foto: Rodrigo Pazinato)

Bandidos que balearam um policial durante assalto nesta tarde na agência do banco HSBC na avenida Afonso Pena, no bairro Amambaí, em Campo Grande, levaram uma quantia próxima de R$ 200 mil de um cliente, segundo as informações que circulam no local. A Polícia não confirma o valor.

O dinheiro estava com um cliente que foi abordado ao deixar a agência, por dois bandidos. Um policial que estava no local tentou impedir o assalto, houve tiroteio e ele foi atingido na perna e no braço.

Um dos bandidos também foi ferido, mas eles conseguiram fugir, levando o dinheiro.

O policial, identificado como Rodrigo Nunes de Roque, de 33 anos, foi levado para a Santa Casa de Campo Grande. Policiais informaram ao Campo Grande News que ele chegou na Santa Casa desacordado e que recebeu morfina por causa da dor.
Um dos tiros provocou uma fratura no braço.

No local do assalto, foram encontrados um capacete e cápsulas de uma pistola. O material vai ser periciado para identificar a arma.

Os tiros deixaram marcas em três veículos. Duas caminhonetes Mitsubishi L200 e uma Parati foram atingidas no estacionamento em frente à agência.

O caso está sendo investigado pela Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), que está com policiais nas ruas para tentar prender o ladrão. Também estão envolvidos na ação policial a Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais), do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestro)

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


Nós não podemos ser radicais; precisamos de leis rígidas para punir individualmente. 90% desse pessoal que saem, não oferecem risco e os 10%, são tão perigosos quanto outros que estão soltos roubando dinheiro público, matando no transito e outros crimes sem punição. Por isso temos que ter cuidado em querer taxar sem conhecer ou esclarecer ao leitor.
 
luiz alves em 11/12/2012 08:12:29
É imprudente sacar uma quantia dessas sem o uso de carro-forte.
 
Antonio Carlos em 11/12/2012 07:48:28
Algumas vezes penso que é melhor adotar procedimentos de alguns paises, tipo cortar as mãos, etc.
 
JOSE PEREIRA FILHO em 10/12/2012 23:22:36
Caro Governador Andre, atirar em um policial e um CRIME CONTRA NOSSA NAÇÃO, CONTRA NOSSO ESTADO, CONTRA NOSSA CIDADE, CONTRA O POVO CAMPO GRANDENSE!!! Estes bandidos devem ser CAÇADOS porque eles não si importam com a vida de um pai que sai cedo pra trabalhar, com a vida de uma mãe, com a vida de uma esposa, com a vida de um filho jovem que tem um futuro pela frente!
 
otavio moreira em 10/12/2012 22:08:52
Bem que o judiciário poderia levar estes criminosos para passar a ceia na casas deles! Deve haver uma lei em que o juíz que autoriza a liberdade de um criminoso que por ele avaliado como apto a viver na sociedade, ser responsabilizado pelos crimes que o mesmo vier a cometer se aproveitando do benefício de liberdade. Assim crieo eu que esta podridão que vive hoje o judiciário nacional seria benefíciado somente com os magistrados que se fazem valer o bem a sociedade (os criminosos pertencem a escória!), assim 98% que hoje magistra a favor do crime será eliminada!
 
Alexandre de Souza em 10/12/2012 20:23:20
Falta pouco pro indulto de natal. Aí os prisioneiros seremos nós. Aqueles que trabalham dia após dia pra manter família, moradia. Esse é o país em que vivemos!
 
janaina garcia em 10/12/2012 16:47:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions