A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/09/2013 18:03

Bebê morre após ser rejeitado por dois hospitais por falta de pediatras

Luciana Brazil
Bianca morreu depois de lutar muito pela vida. (Foto: Arquivo Pessoal)Bianca morreu depois de lutar muito pela vida. (Foto: Arquivo Pessoal)

Depois de ser rejeitado por dois hospitais, por falta de pediatras, na madrugada de ontem (16), um bebê de 13 dias morreu sem receber atendimento médico. A família da criança buscou ajuda na maternidade Candido Mariano e no hospital El Kadri, mas o bebê teve que ser recusado por falta de profissionais.

Bianca teve uma parada cardíaca por volta de 1h da madrugada, enquanto era atendida na UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) do bairro Coronel Antonino. O bebê foi enterrado no cemitério do Cruzeiro na tarde de segunda-feira (16).

Segundo o laudo do IMOL (Instituto Médico Odontológico Legal), as causas da morte ainda não foram esclarecidas, e na Certidão de Óbito está como indeterminada. Um pedaço do coração da menina foi retirado e levado para análise. O resultado da perícia fica pronto entre três e quatro meses.

Ainda abalada, um dia após o enterro da neta, Edna Gavilan Rodrigues, 39 anos, narrou a saga que viveu com a filha Karen Gavilan Correa, 20 anos, e a pequena Bianca. “Minha filha me chamou, por volta de meia noite e disse que a Bianca não estava respirando direito. Estava respirando só pela boca”.

Chegando à maternidade, a família foi informada que não havia pediatra para fazer o atendimento. “A orientação que a gente recebe é que em casos de recém-nascidos devemos procurar a maternidade, mas chegando lá, não tinha médico”.

Edna, Karen e o bebê então seguiram para o hospital El Kadri. “Lá também não tinha médico. Então, decidi ligar para o Samu (Serviço Móvel de Urgência). Eles me orientaram a ir até o posto do Coronel Antonino”, lembra Edna.

Na busca por ajuda, avó e mãe estavam cada vez mais aflitas. “Até pensei em ir para Santa Casa, mas achei que precisava de um encaminhamento do posto para que eles fizessem o atendimento”.

Chegando ao posto do bairro Coronel Antonino, onde havia pediatra, Bianca recebeu oxigênio, mas as mãos e os pés já estavam roxos, lembra a avó Edna. “Eles tentaram, mas a enfermeira só balançou a cabeça, dizendo que não dava mais”.

Com a saúde debilitada e com a tristeza nos olhos, Edna conta que os pais da criança estão muito abalados. “Minha filha está totalmente abalada. Ela só chora. Estamos com medo de ela estar com depressão pós-parto. Nem sei mais o que dizer a minha filha”.

O parto de Bianca foi feito na maternidade Cândido Mariano (Foto: Arquivo pessoal)O parto de Bianca foi feito na maternidade Cândido Mariano (Foto: Arquivo pessoal)

Hoje à tarde Karen passou mal em casa e desmaiou. Ela foi levada ao hospital para receber atendimento. “Tenho certeza que é tudo por causa da Bianca. Ela está muito mal”.

Karen teve 40 semanas de gestação e o bebê nasceu com 2,8 quilos e 48 centímetros. O parto foi feito na maternidade Candido Mariano. Segundo a avó, apesar da mãe ter hipertensão, a criança nunca foi diagnosticada com alguma doença. “Ela nasceu e ficou os três dias que os bebês ficam geralmente na maternidade, mas nunca ficou na incubadora”.

Edna diz que no IMOL chegaram a cogitar a hipótese da criança ter engasgado com leite, mas o exame de necropsia não acusou nada do tipo. “Já me disseram que a Bianca deve ter nascido com algum problema no coração, mas na maternidade, onde ela nasceu, nada foi diagnosticado”.

A família diz que vai aguardar o laudo que deve ficar pronto em até quatro meses para processar judicialmente os envolvidos que tenham sido negligentes no caso. “Não é pelo dinheiro. A Bianca não vai mais voltar, mas vou fazer isso por outras crianças. Eu ainda consegui um dinheirinho para pagar o táxi e quem não tem?”, questionou.

Indignada a avó diz que pelo menos uma coisa deve estar errada nessa triste história. “Vou processar por não ter médico, porque a Bianca podia estar viva, e vou processar porque é quase certeza que ela tinha um problema, mas não diagnosticaram corretamente”.

Edna é mãe de outros dois filhos, um menino de 18 que mora em Curitiba e veio para a Capital para ficar com a família, e uma menina de 7 anos. “Tenho três filhos, mas Bianca era minha primeira neta”.

Edna não se conforma com a morte da neta. (Foto: Cleber Gellio)Edna não se conforma com a morte da neta. (Foto: Cleber Gellio)


É muito triste mesmo, uma criança morrer por falta de socorro!!! Mais essa falta de medico não é por que não tem medico, o que esta acontecendo é q não estão pagando os Médicos, e ninguém trabalha de graça, começando pelo Pedreiro, Arquiteto, Engenheiro Civil e assim vai todos os trabalhadores precisa de dinheiro para pagar suas contas e garantir o sustento de sua família . Então pode trazer medico até da China de Marte e por ai afora... não vai resolver... de graça ninguém trabalha. A população não podem ir contra os médicos mais contra os governadores eles sim devem dar satisfação para todos nos, o que esta de fato acontecendo com nossa Unidade Saúde, que quando tem profissional não tem remédio até luva cirúrgicas tem muitas unidades que reclamam que não tem...
 
viviane freitas em 20/09/2013 13:16:09
Que Deus console o coração dessa família , aconteceu um caso parecido em 2009 com minha irmã ela teve um bebê que nasceu nessa mesma maternidade foi liberada após 3 dias pelo os médicos só que ela nasceu com problema coração e veio falecer 15 dias após nascimento , apoio essa avó em processar porque essa maternidade talvez tenha de ser fechada ou uma revisão com esses médicos que não fazem os exames necessário para liberar um bebê ...negligência total ..
 
natallya portilho em 19/09/2013 21:58:25
Sou marido da prima do pai da criança....Estava no momento do velório, pensa na dor desses pais que tanto queriam ter essa criança no colo viva...
Pensa na dor de saber q jamais vão ver BIANCA.....Agora sabendo que foi negligência de falta de médicos....
Perdi meu voto votando nesse Bernal e nesse André....
Poxa, isso q a vó vai fazer tem que ir até o fim, senão vai ter outras crianças morrendo sem atendimento nesse hospitais, que só tem nome, mais nada....
E se precisar de alguma coisa me procure, que estarei aqui para ajudar, sou marido da Andréia, prima do Alex, qualquer coisa me procure....
 
Kleber Luiz da Costa Floripes de Alencar em 18/09/2013 20:39:48
Lamentavél, muito triste, que Deus conforta o coração de cada um de vcs.
 
Zilza Alves de Aquino em 18/09/2013 15:43:15
Engraçado que nem os médicos de fora sem validação de seus diplomas querem vir para cá....pq sera????????????
E esses hospitais não tem serviço de pronto socorro pediatrico, não falta de pediatras. No caso dos 2 hospitais, tem 1 pediatra neonatologista de plantão na UTI somente.
 
Patricia Ferreira em 18/09/2013 15:12:17
Que pena pequena Bianca. Quem sabe vc seria uma grande médica no futuro.
Mas o estado não pode se preocupar com "isso" não gente.
Porque como ficaria o AQUARIO?????AS PRAÇAS.......E OUTROS ENFEITES PARA O ELEITOR "BURRO" VER???????NÉ BERNAL....NÉ ANDRE....
cadê o povo tão empenhado em ir a rua fazer reivindicações, será que é só queriam baixar 0,10 centavos no vale transporte?????tudo isso é desanimador......
 
Maria Clara dos Santos em 18/09/2013 11:25:30
No brasil o descaso com saúde publica em todo pais já é uma rotina, alguém acha que o poder publico esta preocupado com isso? porque? se saúde publica é feita somente para pessoas pobre , e pobre só gente na hora do voto, e na hora de trabalhar e receber esse salario vergonhoso , gente pobre no Brasil é mão de obra barata, como esperar alguma coisa de um pais que tem dinheiro para construir estadio de futebol, e não investe em saúde, educação, segurança e moradia , como esperar alguma coisa de pais onde forma se médicos que só se preocupam só com saúde da familia dele , a população que se dane desde que o salario esteja depositado na conta dele no final do mês, alguèm ainda alimenta
alguma esperança de ter um pais melhor? porque eu não .
 
mercia rosa em 18/09/2013 11:20:30
Talvez um médico Cubano tivesse salvado essa criança!
 
Fabrício Márcio Vargas em 18/09/2013 10:48:48
Se fosse filho de alguem mais graduado na sociedade, duvido se não teriam conseguido um médico!
POR ISSO QUE TEM QUE VIR MEDICOS QUE QUEIRAM TRABALHAR DE VERDADE POIS OS DAQUI INFELIZMENTE SÃO POUCOS QUE TRABALHAM POR AMOR DA PROFISSÃO.
 
Anderson Silva em 18/09/2013 10:47:59
Pelo amor de deus gente isso é um absurdo, uma criança morre por falta de pediatra.
Nossa capital esta cada vez piorando mais.
Quando não é a violência é a segurança é a saúde é o transito etc..
poxa onde vamos parar???
A nossa politica ta dificil...
 
Douglas Freitas em 18/09/2013 10:39:50
QUE DEUS CONFORTE O CORAÇÃO DESSA FAMÍLIA,TRISTEZA E REVOLTA É O QUE NOS RESTA.
 
ELAINE IBARRA em 18/09/2013 10:35:09
Nossa muito Triste isso um Anjo que poderia ser Salvo nao foi por que aqueles que Jura Salva Vidas Nao existe.Bom eu nao entendo o que acontece pois nao tem medicos nos Posto de Saude domingo precisamos de um atendimento Medico, simplesmente disseram que medico so depois das 14:00 hs, gracas a Deus nao era nada serio.Nao sei esses Politicos fica nessa palhaçada de Briguinhas enquanto a PoPULACAO esta morrendo.Cade os MEDICOS , cade gente pra fiscalizar os postos de SAUDE.VAI TER QUE FAZER IGUAL ESCOLA, FAZER CHAMADA TODOS OS DIAS NA ENTRADA E SAIDA.VAMOS TER QUE AGI, POIS NAO DA PRA CONTINUA, TIRAR OS POLITICOS QUE NAO QUER TRABALHA, SO QUER RECEBER SEU BOM SALARIO E AINDA ROUBA MAS UM POUCO.A POPULACAO VAI TER QUE COMEÇA A FAZER.O PESSOA DA MIDIA COMEÇA A VISITAR OS POSTO.
 
Susan Keyla Mendes em 18/09/2013 10:32:56
"O resultado da perícia fica pronto entre três e quatro meses" Quecoisa é essa? Se fosse um figurão da sociedade ficaria pronto em 3 ou 4 dias e outra o que vai adiantar isso agora? Gente trata-se de um"anjo" de 18 DIAS de vida e morreu por falta de um especialista. Isso é um absurdo. É por essa e outras que sempre que vou a um hospital eu me preparo para o pior. Fazer escândalo chamar policia bombeiro reportagem ir preso e tudo mais , mas desde que seja atendido. Essa porcaria vai mudar o dia em que uma lei OBRIGAR nossos políticos e familiares a usarem toda a maquina publica que eles deveriam gerir. Transporte publico saúde publica segurança publica transporte publico e por ai vai. Não quer usar, nao se candidate. ABSURDO
 
Alex andré de souza em 18/09/2013 10:06:35
E ainda tem vereador que é médico pediatra e batia cartão em posto de saúde mas não trabalhava as horas que deveria., Depois fica fazendo tipinho de moralista e falando botinho em programa de televisão. Essa gente me enoja! Meus sentimentos a família.
 
José Mendes Sampaio em 18/09/2013 10:00:25
Bom... Se tivessem dinheiro, pegariam um avião para tratar em São Paulo, em hospital particular, não é assim que certa classe tem procedido nos últimos anos??
 
José Carlos em 18/09/2013 09:56:21
E a classe médica brasileira não aceita médicos estrangeiro estão TRABALHEM MÉDICOS BRASILEIROS e não deixe uma criancinha morrer.Meus sentimentos a família.
 
Meire Pereira de Souza em 18/09/2013 09:54:58
´Só posso dizer uma coisa pra dizer tudo...ISSO TUDO É CULPA DA PRESIDENTE DILMA.E NAO DOS NOSSOS GOVERNOS....POLICIA NAO PRENDE POLICIA.... MEDICO NAO PUNI MEDICO...AS LEIS TEM QUE MUDAR...
 
miguel aparecido baez dos santos em 18/09/2013 09:25:22
A cinco anos atras meu filhinho tambem morreu por um caso parecido, mas culpo unica e exclusivamente a maternidade candido mariano, me perguntarão se durante meu pre natal o medico me disse algo sobre meu filho ter problema cardiaco coração grande disse que não me avisarão que por ser fim de ano não tinham nenhum cardiologista e disseram que não tinha vaga na UTI néo-natal da santa casa depois de seis dias providenciaram um medico e a transferência dele me ligarão fui ate a santa casa meu filho foi transferido sem exames nem documentos quando ja não se tinha mais o que fazer tive que fazer a internação a medica me orientou a fazer uma autopiscia no laudo veio sese peneumonia hemorragia e hematoma no rim direito coração tamanho normal. Peço a DEUS que conforte esta família.
 
lucélia de souza santos rodrigues em 18/09/2013 09:24:26
Infelizmente , quando o jovem escolhe uma carreira visando apenas ganhos monetários , se esquecem que não apenas para isso que ele(a) se formou.Que Deus tenha piedade daqueles que não sabem o que é amor ao proximo.
 
Terezinha Ajala Carvalho em 18/09/2013 09:24:21
uffa..... E REVOLTANTE,MEUS PÊSAMES...
 
JUCIMARA R. DE OLIVEIRA DE ANDRADE em 18/09/2013 09:15:28
E agora...vamos trazer os cubanos ou nao???
precisamos ou nao??
Nos hospitais citados tem a estrutura que eles falam q é precária....mas e ae???Sejam bem vindos cubanos
 
HAMILTON FERNANDES em 18/09/2013 09:12:18
COMO DIZ O BORIS CASOY, ISSO É UMA VERGONHA NACIONAL PARA UMA CAPITAL ENTÃO. TAMBÉM ESTOU SEM PALAVRAS, SEM COMENTÁRIOS.
 
jose carlos em 18/09/2013 09:04:48
Passei uma situação parecida semana passada. Minha avó teve um AVC e e eu demorei TREZE HORAS pra conseguir interná-la e receber devido atendimento médico. Tanto na rede pública de saúde quanto nos hospitais particulares a desculpa era falta de médicos ou de leitos. Hoje ela está lutando pela vida e tem como consequência a demora que teve pra ser atendida. SAÚDE BRASILEIRA, EU ME ENVERGONHO DO SEU SISTEMA!
 
Jéssica Laurentino em 18/09/2013 08:43:48
A pergunta é, o que vai acontecer agora?, em minha opinião, nada, é triste, mais nada vai acontecer, dirige-se bêbado, invade-se residências, assalta-se, agressões da mais diversas formas, violência sexual, roubos, assaltos, não temos educação, segurança e saúde em nosso país, aliás temos sim os direitos humanos para bandidos, fica difícil de acreditar que esta criança morreu por falta de atendimento, mais morreu, para os nossos políticos é mais um, não é parente deles.
 
Nery Ribeiro em 18/09/2013 08:40:43
LAMENTÁVEL
LAMENTÁVEL
LAMENTÁVEL
CADE OS DIREITOS HUMANOS
ESTOU INDIGNADO, POUCA VERGONHA
BANDO DE IRRESPONSÁVEL
NEI SALVIANO
publicitario
 
nei salviano em 18/09/2013 08:30:07
O problema está cada vez mais grave. Na segunda-feira, meu esposo foi em vários hospitais que atendem pela Cassems e não conseguiu atendimento. Seguiu para o Posto Cel. Antonino, e a resposta foi a mesma, que não tinha pediatras. Ligou na ouvidoria da Cassems, e eles disseram que talvez no período da tarde ele conseguiria atendimento pediátrico. Quando o caso é grave, termina igual a esse caso da pequena Bianca. Que DEUS console o coração dessa família.
 
JANAÍNA BRAGA VIEIRA em 18/09/2013 08:25:27
Então senhores médicos... Já que não estão dispostos mesmo a trabalhar na saúde pública, e ainda são contra os médicos estrangeiros, o que faremos? Ficaremos reféns dos senhores? Será que não não tinha nenhum médico capaz de dar atendimento a essa criança?
No mínimo, pelo menos, os hospitais tinham que ter um sistema interligado para que as pessoas não ficassem nessa peregrinação em busca de um hospital que pudessem atendê-los. Como a própria mãe do bebê em questão disse "ainda bem que eu tinha um dinheirinho para o táxi, mas e quem não tem?"
E as autoridades? Ninguém faz nada?
E o Bernal?
 
Rodrigo Adania em 18/09/2013 08:25:15
João Aparecido, o senhor está coberto de razão. E ainda tem gente que é contra o projeto MAIS MÉDICOS...
 
Rodrigo Adania em 18/09/2013 08:16:55
São essas as condições que um "obstetrazinho" de quinta, aqui de CG, queria submeter minha irmã e meu sobrinho que nasceu cardiopata... Graças a Deus e a ajuda da http://www.pequenoscoracoes.com/ ele nasceu em SP e faz o tratamento e acompanhamento por lá. Mês que vem ele faz a 1ª cirurgia do coração. Infelizmente (ou muito felizmente) é essa a situação. Temos que sair do conforto do nosso lar, dos cuidados da nossa família, e ir para outro estado, outra cidade, buscar ajuda e tratamento que NÃO TEMOS na "capital" onde moramos. LAMENTÁVEL! Que Deus possa confortar os corações dessa família, e que a justiça dos homens também seja feita.
 
Thays Dittmar em 18/09/2013 08:16:41
Que Deus conceda a Paz na Família. Embora seja lamentavel, mas estamos diante da cruel realidade. Até quando isso vai ficar assim?Como a avó mesmo disse "não trara este anjo de volta, mas fara com que muitas crianças...pessoas sejam tratadas dignamente. É fato que muitas coisas acontecem e não sabemos, são incobertos. Mas enquanto nos mantemos calados e vedamos os olhos a isso, continuara a injustuça impune. Boa sorte e força.
 
Regiane Diniz em 18/09/2013 08:10:52
Uma maternidade não ter pediatra? Realmente podemos esperar os mais absurdos casos relacionados à saúde em Campo Grande.
 
Tayná Dias em 18/09/2013 08:10:04
É UMA VERGONHA QUE ESTE FATO TENHA ACONTECIDO EM NOSSA CIDADE. NÃO FALTA DINHEIRO PARA A SAÚDE, O QUE FALTA SÃO PESSOAS SÉRIAS E HONESTAS PARA MANIPULAR OS VALORES CORRETAMENTE.
ME CAUSA NOJO, PRINCIPALMENTE, POR TERMOS EM NOSSA CAMARA MUNICIPAL VÁRIOS "NOBRES" VEREADORES MÉDICOS COM CONHECIMENTO DA AREA, MAS POR FALTA DE VONTADE OU SIMPLESMENTE NEGLIGENCIA NADA FAZEM PARA MELHORAR O SISTEMA MUNICIPAL DE SAUDE.
ELEIÇÕES 2014. ESTÁ PROXIMA, VAMOS USAR NOSSO VOTO COMO INSTRUMENTO DE MUDANÇAS, VAMOS ENTERRAR ESTES MAUS POLITICOS.
 
ROBERTO RIOS em 18/09/2013 08:06:27
Gente uma tragedia dessa dá vontade de gritar, de bater em alguem, meu Deus é desesperador vc ver seu filho precisando de ajuda e as pessoas q se propuseram, q fizeram seus juramentos pela vida aonde estão????? Só nos resta orar muiiito, pedir pra Deus muita saude pras nossas crianças é só com ele q podemos contar, fica aqui os meus sinceros sentimentos a essa familia q Deus conforte seus corações!!!!!
 
katiuscia bueno em 18/09/2013 08:00:38
O fato é que nossa Cidade não esta evoluindo, não esta acompanhando a grande demanda da sociedade. Fico estarrecido com esta situação, até onde chegamos... Morrer por outras coisas, "tipo não chegou a tempo...morreu em outra circunstância" ainda que muito pobre procura-se entender.... Agora um bebê morrer porque não tinha médico????? Isso é um descaso, uma falta de comprometimento com a população. Que seja processado, o hospital e também o prefeito da cidade que não faz nada para diminuir a dura vida do povo...
 
Leandro José Monteiro em 18/09/2013 07:59:26
Dias atrás num domingo meu filho de 7 anos estava passando mal isso era por volta das 17:30 hs começamos pelo Hospital da Criança na Av. Afonso pena e só podia atender após as 19:00 hs, fomos para a Santa Casa entrada pela 13 de Maio mesmo caso só depois das 19:00 hs, entrei pelo pronto socorro e o atendimento deveria ser lá pelas 20:00 pelo fato de ter somente um médico e muita criança, fomos até o Hospital infantil próximo a Maternidade Candido Mariano e ficamos por lá, mesmo caso, somente após as 19:00 que iam começar o atendimento, saimos do hospital era por volta das 22:00 hs.
MUITO DESCASO COM AS NOSSAS CRIANÇAS...
 
ANISIO RIBEIRO em 18/09/2013 07:47:05
A Sta Casa atende as crianças que são levadas direto sem passar por uma UPA, pois é uma prioridade deles, já fui com minha sobrinha com um ano de idade e ela foi atendida rápido, pois acho que tem um cetro de pediatria emergencial, é lamentável um hospital que nascem crianças 24hs e não ter um pediatra, cade os dirigentes desta maternidade que não fazem o seu dever, isso tem que ser investigado urgente.
Na minha familia sempre que as crianças precisam de médicos urgente a Santa Casa atendeu, nunca foi negligencia, apesar da situação que ela anda passando atendeu as crianças de meus irmãos.
 
Marli Pereira da Silva em 18/09/2013 07:46:14
Meus pêsames a esta família,Deus conforte o coração de vocês
Infelizmente é esse o nosso Brasil!!
 
Tatiana Barreto em 18/09/2013 07:45:30
Meu Deus, não sei dizer o que sinto, vergonha, revolta, esses ...gastam tanto dinheiro a toa, sejam mais humanos, vocês, vamos aplicar melhor, deixem de picuinhas, invistam no povo que são seus eleitores, não os deixem morrer pior que animal...é muita desilusão...médicos, sei que estudaram muito, mas de que adianta a ganancia, todos morrerão de câncer, nem mesmo o dinheiro que conseguiram salvará a própria vida...
 
Wilson Ferreira em 17/09/2013 23:16:10
Foi feito o teste do pézinho?se feito seria constatado algum problema cardíaco e teria tempo p começar a tratar.....essa lei é aprovada,mas é cumprida???Deus de a força p essa família.....
 
Marisol Dittmar em 17/09/2013 23:06:01
Interessante nessa história, 2 hospitais pagos, por que tal Maternidade Cândido Mariano tem a chamada taxa do SUS, que coisa não pagamos impostos e ainda cobram taxa do SUS, será que o MP sabe disso, e o El Kadri com a pose de um grande hospital particular, as pessoas pagam planos caríssimos e na hora do atendimento não tem médico, pior que o sistema público pelo que vemos!
 
Junior Ferreira em 17/09/2013 22:41:58
Meus sentimentos a família, é uma vergonha uma criança passar mal e a mãe procurar
por um médico pediatra em um hospital e chegar lá não ter um medico,esse é o BRASIL
governo,prefeito,vereadores na hora de andar pelos bairros pedindo votos eles sabem!!
cade as promessas de SAÚDE e outras MELHORIAS para o povo .E agora a gente paga nossos imposto para quê,se fosse seu filho senhores políticos com certeza tinha pediatra ISSO É REVOLTANTE QUEREMOS E MERECEMOS UMA SAÚDE MAIS DIGNA SENHOR PREFEITO...
 
celso mendes em 17/09/2013 22:23:07
Lamentável o ocorrido...uma tristeza sem tamanho p/ a família, mas espero que não fique na história sem punição...um absurdo uma Capital como esta, não ter pediatras nas unidades de atendimento médico e outro detalhe..acho um absurdo num caso como este, na ausência do pediatra outro medico não dar atendimento de primeiro socorro ao paciente. Que seja feita a justiça e que a família seja amparada por bons advogados e principalmente por Deus.
 
Fabiane Betti em 17/09/2013 21:57:45
Lastimavel!! E isso nao e caso isolado. Os bebes e as pessoas, se passarem mau...morrem mesmo...se precisarem realmente, morrem, porque nao tem medicos....Campo Grande deve ter uns 900 mil habitantes...ai chegamos em um hospital posto de saude e tem um ou nenhum medico pediatra de plantao....!!! Infelizmente estamos jogados a propria sorte
 
Andrea Lechuga em 17/09/2013 21:24:51
Senhores governantes que não governam nada, pois nunca tiveram competência. O momento é de grande revolta. Pois com os filhos de vocês jamais aconteceria uma coisa dessa. Mas continuamos acrediando na justiça devina. Tenho certeza que Deus cobrará caro de vocês todas estas vidas que se vão. Por total irresponsabilidade de vocês. Dizer que a Santa Casa só pode atender se for encaminhado pelo UPA. Mas o UPA não tem médico. O que as pessoas menos favorecidas podem fazer?
 
adão collante em 17/09/2013 21:19:53
Políticos: Não ligo quando eles roubam para ostentarem suas vidas e de seus familiares, não ligo de fazerem falsas promessas, de mentirem que é o que eles sabem fazer de melhor. Mas me dói o coração quando vejo este tipo de matéria, ver meu povo morrendo por falta de médicos, por falta de estrutura em um estado tão farto como o nosso, sinto vergonha pelos políticos de nosso estado, pois roubam da saúde e indiretamente tornam-se verdadeiros e legítimos ASSASSINOS !!! Obs: Boa parte de nossos poder executivo e legislativo atuam também no campo da saúde, o que torna tal situação mais vergonhosa ainda. Desejo do fundo do meu coração, que cada um de vocês políticos um dia venham a necessitar no S.U.S.
 
lucas Rogero Ribeiro em 17/09/2013 21:19:13
Que Deus conforte a familia mas deixo minha pergunta... Será que o CDDH (comite de defesa da cidadania e dos direitos humanos) Marçal de Souza mais 8 entidades voltadas para manutencão dos direitos humanos em MS irão se manifestar ou como sempre só irão defender bandido ????? Será que alguém me responde ????
 
Carlos Strato em 17/09/2013 21:08:10
Que Deus abençoe essa família!! to sem palavras...
 
Rose Ávila em 17/09/2013 20:20:49
Infelizmente acontecem algumas coisas em nossa cidade que dispensam quaisquer comentários.
 
Edivaldo Mendonça em 17/09/2013 20:20:41
A burrocracia irresponsável imperante no sistema é o que conseguiram os pseudo-gestores da saúde; passaram por cima da necessidade urgente do atendimento à criança; desconhecem que a evolução da doença nesta faixa etária é muito rápida; e esta má fé se multiplica nas recepções dos hospitais, impedindo o acesso do cliente ao médico, chegando ao cúmulo, que a família da Bianca ficar com medo de levá-la para o PSI da Santa Casa onde a triagem, com frequência, não permite abrir ficha....
 
Oswaldo Rodrigues em 17/09/2013 20:20:26
Quantos mais vai precisar morrer para que essas autoridades corruptas tomarem providencias, so sabem cobrar impostos e mais imposto essa nossa presidenta so sabe falar bonito mas fazer alguma coisa pelo brasil nada, mas enquanto eles nao sentirem essa dor de perder um filho ou um ente querido por falta de atendimento vai ser sempre assim. meus sentimento para essa familia e que deus os abençoe por esta dor, so quem perdeu um filho sabe o que e isso. E UMA VERGONHA NAO TER UM MÉDICO PARA ATENDER ESSE ANJINHO.
 
maria ines fernandes machado em 17/09/2013 20:11:47
O pessoal acha q não está correto trazer profissionais de outros países, aqui no interior é normal esse tipo de acontecimento, com a regra da pessoa enternar através de tal de vaga zero, fica pior ainda, lamentável. E parece que os médicos estrangeiros chegaram poucos p/ MS.
 
João Aparecido em 17/09/2013 20:03:33
COMO ASSIM!? NA MATERNIDADE NÃO HAVIA PEDIATRA!!??
ATÉ QUANDO ISSO VAI CONTINUAR!?
COMO É POSSÍVEL EVITAR ESSAS TRAGÉDIAS!?
ONTEM PASSEI POR 4 VEZES NO HOSPITAL COM MEU BEBÊ TAMBÉM, UM DISSE QUE ERA VIROSE, OUTRO DIAGNOSTICOU SEU QUADRO COMO UMA PNEUMONIA, O MEDICOU E ASSIM QUE SUA FEBRE CEDEU FOI LIBERADO, VOLTAMOS MAIS TARDE NO MESMO LOCAL MAS COM OUTRO PLANTONISTA PEDINDO AJUDA POIS MEU FILHO É CONVULSIVO E SUA FEBRE ESTAVA EM 40°...
E ADIVINHEM!!! ELE ME DISSE QUE NÃO HAVIA O QUE SER FEITO, ENTÃO EU DISSE QUE NÃO PODERIA IR EMBORA COM MEU BEBÊ DAQUELE JEITO, O MÉDICO MANDOU QUE EU FICASSE A VONTADE NA SALA DE OBSERVAÇÃO; "FIQUE ATÉ A HORA QUE QUISER, FIQUE À VONTADE".
E DAÍÍÍÍÍÍ!!!!!? OLHA O QUE ACONTECEU COM ESSA BEBÊ, PODIA TER ACONTECIDO COM MEU FILHO,COM O DE QUALQUER UM!!!
 
CAROLINE TIEMI YATSUNAMI em 17/09/2013 19:57:18
Será possível que ninguém pudesse avaliar previamente a situação deste bebe?? foram mencionados a maternidade, que possui sim recursos para atender, e que no mínimo deveria entrar com urgência em contato com algum pediatra, que viesse a socorrer esta criança, da cama que fosse!!!Acredito que havia sim e que possivelmente se recusou a prestar atendimento, pois partos ocorrem a todo momento com supervisão de pediatras..e no El Kadri???então devemos entender que se um ser humano precisa de ajuda, de socorro, ele primeiro será classificado???então se um pediatra se depara com um acidente numa rodovia, envolvendo pessoas com mais de 18 anos não prestará socorro??Indignação é só o que resta...
 
Brisa Febraio em 17/09/2013 19:48:21
A tres meses atras meu filhinho tambem morreu por um caso parecido, mais culpo unica e exclusivamente a maternidade candido mariano, pois detectaram o problema respiratorio no meu filho logo apos o nascimento, disseram que não tinha vaga na UTI néo-natal de la, mais providenciaram um medico e a transferencia dele so anoite, quando ja não se tinha mais o que fazer. Peço a DEUS que conforte esta familia.
 
nikko flores em 17/09/2013 19:47:01
politicos corruptos e nossa criança morrendo,cambada de se vergonha,vao trabalha para a populaçao,ficam ai com cpi daqui cassar o outro ali e a populaçao ai jogada,como se nao tivesse valor, a essa familia caber processa a prefeitura e ao gorveno do estado
 
marcos alves em 17/09/2013 19:46:57
Uma maternidade sem nenhum pediatra ? um hospital de grande porte sem profissional. deixar uma criança morrer por incompetência. se essa família tivesse acesso a um medico cubano se quer essa criança teria sobrevivido. ta na hora de mudar a saúde desse pais. não era necessário ser um pediatra, mas um medico que tivesse vontade de salvar uma vida. mas de muitos a vontade e só ganhar mais e mais.
 
andre yuri em 17/09/2013 19:35:54
Médico para todos......para todos que tem muito dinheiro e podem pagar. Um verdadeiro absurdo o que aconteceu com esta criança, a cada dia eu fico com mais vergonha dos verdadeiros descasos da classe médica e dos nossos politicos.Se vc tem dinheiro vc vive, se não tiver esta morto.Será que algum deputado irá pedir a palavra para falar em memória da Bianca? Será que nosso prefeito sem humildade irá colocar mais médicos de plantão nos postos de saúde de nossa querida cidade?Cade o direito de ir e vir? Cade o direito a saúde deste povo sofrido e humilhado por um atendimento especializado? Mais um caso de impunidade vem por ai, ninguém será responsabilizado por nada....afinal tem gente que pensa que a vida não vale um tostão furado. PÁTRIA AMADA BRASIL!!!!!!
 
Gilberto Pereira em 17/09/2013 19:17:37
AGORA QUERO VER ALGUM IDIOTA DIZER QUE É CONTRA OS MÉDICOS VIREM DE FORA PARA TRABALHAR DE VERDADE!! CADE OS PEDIATRAS?? UMA VERGONHA!! MUITOS FILHINHOS DE PAPAI QUE SE FINGEM DE MÉDICOS E BRINCAM DURANTE O CURSO SÓ PRA DIZER QUE FEZ MEDICINA E NÃO QUEREM SABER DE NADA!! SENHOR SIUFI E OUTROS "MEDICOS" SE GABANDO POR AI GANHANDO UMA FORTUNA SEM TRABALHAR, MÉDICOS ABANDONANDO SEUS PLANTÕES RECLAMANDO DE SALÁRIO, ENTÃO PORQUE FEZ MEDICINA?? SE QUERIA FICAR RICO ENTÃO PRESTASSE CONCURSO PRA OUTRA COISA!! UMA VERGONHA ISSO QUE ACONTECEU!!
 
CARLOS DAMASCENO em 17/09/2013 19:03:51
k deus de força a famolia toda
 
claudio dos santos castilho em 17/09/2013 19:00:37
UM absurdo, vou contar meu caso para vocês, Meu Benicio estava com varias pintinhas pelo corpo no domingo, fui na santa casa (prontomed) as 9:00 da manha e não tinha pediatra, fui ao hospital São lucas e a medica so atende 30 senhas e já havia sido atendida as 30, então somente o prximo plantonista poderia atende-lo as 14:00 h, fui no hospital da criança e havia 42 crianças na minha frente, eu me prontifiquei a pagar a consulta mesmo tendo plano de saúde mas não havia NENHUM pediatra para atender, então resolvi recorrer aos posto de saúde, fui no Tiradentes e no universitário e mais uma vez NAO HAVIA PEDIATRA, somente na unidade da coronel antunino e após as 14:00 h, gente isso eh uma vergonha, uma capital desse tamanho com apenas 3 pediatras (hosp. criança, hosp. são lucas aspos as 14:00
 
katira de carli em 17/09/2013 18:47:14
Que Deus possa ti dar conforto nessa hora, deve ser muito dificil a perda de um filho. Mais Deus esta com vc força.
 
KAROL ESPINDOLA em 17/09/2013 18:39:06
Brasil é uma vergonha perante outras nações. Em um lugar onde se gasta Bilhões dando alegria ao povo brasileiro com os estádios da copa, a saúde pública é esquecida.
Amanhã, quarta-feira, Zé Dirceu e sua turma estarão rindo da cara de todos nós... e o palhaço adivinha quem é??? Um lixo.
 
Victor Lima em 17/09/2013 18:38:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions