A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

26/02/2013 13:09

Bernal garante apoio à Expogrande e afirma que esse ano terá show

Mariana Lopes

Em reunião ocorrida na manhã de hoje (26), o prefeito Alcides Bernal (PP) recebeu a diretoria da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) e garantiu apoio para a realização da 75ª Expogrande, além de afirmar que este ano a feira terá shows.

O presidente da Acrissul, Francisco Maia, deixou o gabinete do prefeito otimista com a perspectiva de voltarem os shows no evento. “A Prefeitura vai trabalhar junto com a gente para enfrentar qualquer entrave”, comenta.

Maia afirmou que em relação às adequações impostas pelo Ministério Público nas duas últimas edições da Expogrande serão feitas. “A feira é da cidade e o prefeito entende isso”, diz.

Para Bernal, a Expogrande tem importância econômica, cultural e até gastronômica. “É um momento de festa que gera renda”, pontua. Com este ponto de vista, o prefeito disse que vai dar apoio para garantir as adequações solicitadas no TAC (termo de Ajuste de Conduta).

“Solicitei ao desembargador do município averiguar quais são as adequações para a gente cumprir. Os shows acontecerão respeitando as condições do local, os horários e tudo mais o que for imposto”, afirma Bernal.

Segundo o desembargador geral do município, Luiz Carlos Santini, ele irá pedir o TAC para analisar o que foi acordado e o que já foi modificado no Parque de Exposições Laucídio Coelho, para então conseguir o alvará de liberação dos shows. “Vamos adequar o evento à legislação, a Prefeitura quer a Expogrande como antes, com shows”, finaliza.

A edição da Expogrande deste ano acontece de 11 a 21 de abril, no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande.



A expogrande precisa ser respeitada pela sua história! É muito mais que shows e picuinhas! É a tradição sulmatogrossense materializada! Parabéns Acrissul!!!!!
 
Suzete Braga em 26/02/2013 18:12:21
Agora pergunto, se ano passado a Acrissul não cumpriu o TAC e acho que este ano com as obras do Hipermercado/Atacadista do Grupo Pão de Açucar tb não moveram uma palha para cumprir. No que a prefeitura vai ajudar? Por pressão pra cima do Judiciário pra ceder aos devaneios de uma minoria que vai lucrar com a Exposição? Pq injetar dinheiro público pra adiantar as adequações além de ser totalmente fora de propósito, tendo em vista a situação finaceira que atualmente alega nosso prefeito, vai contra a opinião da grande maioria da população do entorno da Exposição, principais prejudicados com a barulheira,arruaça e depredação que sofre o entorno na época das Feiras e Shows, pois podem até espitular o horário do termino das atrações musicais, mas e o que ocorre nos stands, barracas e entrono?
 
Luciano Yamauchi em 26/02/2013 17:48:26
Edson Peralta vc confirma que todos evangélicos pensam que são únicos e que estão certos.
 
ricardo rodrigues em 26/02/2013 17:36:39
Acho que o Bernal tá certo. Tem que ter show na expogrande, mas acho que tem que ser show de música boa, não adianta trazer o Belo ou o Katinguelê, tem que ser bandas evangélicas que honrem o nome do Senhor, como o prefeito mesmo sempre diz.
 
Edson Peralta em 26/02/2013 15:20:33
até que em fim uma atitude sensata, afinal a Expogrande é TRADIÇÃO e é para a família toda, o Mato Grosso do Sul é o estado do Agronegocio... a Prefeitura tem que apresentar total apoio... movimenta a economia da cidade, trás pessoas de fora e proporciona laser...
 
Gessica Medeiros Costa em 26/02/2013 14:59:53
Bernal,não va se tornar um fora da lei.Parecer do MPE,com base na legalidade foi contra o som alto gerado por esses shows.Os organizadores não estão preocupados com a cultura mas com faturameno financeiro.Ja disse e repito;porque esses shows tem de começar tarde da noite? Começe as 18hs e termine as 23hs,
 
samuel gomes em 26/02/2013 14:52:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions