A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

23/12/2014 09:22

Bombeiros registraram queda de 25 árvores durante temporal na cidade

Vania Galceran
Árvore caída em cima de um carro na Avenida Afonso Pena. (Foto Thiago Cunha)Árvore caída em cima de um carro na Avenida Afonso Pena. (Foto Thiago Cunha)

No balanço pós-chuva, 25 ocorrências de quedas de árvores foram registradas pelo Corpo de Bombeiros em Campo Grande. Por causa da forte chuva que caiu ontem (22) na cidade, as guarnições tiveram trabalho redobrado para atender todas as chamadas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, as quedas foram em mais de 10 bairros. As árvores caíram sobre carros, obstruíram vias e fecharam moradores nas garagens de casa. Ainda nesta terça-feira pela manhã, a caminho do trabalho, muitos moradores ainda se depararam com galhos no meio dos canteiros ou nas ruas.

Joselino Pereira, proprietário de uma loja de móveis usados na avenida Rachid Neder, acordou vendo os resultados do tempo fechado de ontem. "Hoje cedo fui ao supermercado e ainda tinha uma árvore caída num canteiro perto da rotatória da 14 de julho, foi feio mesmo, nós aqui do Monte Castelo chegamos a ficar sem luz, no domingo, por causa das chuvas", comentou.

As rajadas de ventos chegaram a 60 quilômetros por hora no horário de pico da chuva, durante a manhã de segunda-feira.

Além de 18 quedas registradas pela manhã, logo no início da tarde uma Sibipiruna de pelo menos 5 metros caiu na avenida Euler de Azevedo em frente ao colégio São Francisco.

Outra queda de uma árvore de grande porte na Rua Dom Aquino, entre as ruas Padre João Crippa e a Pedro Celestino, causou tumulto e susto para quem passava pelo local. Ela destruiu dois veículos que estavam estacionados. Também foi registrado um caso na Rua Dom Aquino. A árvore caiu sobre um veículo Gol, que ficou totalmente destruído. A árvore ainda atingiu um automóvel Fiat Palio.

A outra queda de árvore que destruiu um carro ocorreu na Avenida Afonso Pena, entre as ruas Pedro Celestino e Rui Barbosa, no sentido shopping/aeroporto.

Árvores que ficam no Horto Florestal caíramdestruíram uma cerca do parque que fica no lado da rua Ernesto Geisel.
O telhado do Orquidário, que segundo informações, está desativado também foi atingido. Outras árvores de pequeno portes caíram nas ruas que ficam dentro do Horto, onde a população tem costume de realizar caminhadas. De acordo com informações de pessoas que trabalham próximas ao local, ninguém foi ferido.

Chuva - Segundo o sistema de monitoramento da Defesa Civil, a chuva foi intensa em algumas regiões da Capital, mas sem alagamentos. Foram 26 milímetros na região do Bairro Santo Antônio, que já teve inundações na quinta-feira (18). Na região do Bairro Marcos Roberto, choveu 24 milímetros; nas proximidades do Prosa já foram 17 milímetros e nas Moreninhas foram 13 milímetros.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions