A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

17/05/2019 10:03

Bumlai aguarda ser notificado de prisão para se apresentar, diz advogada

Advogada disse que ele recebeu notícia da prisão com tristeza

Clayton Neves
O pecuarista José Carlos Bumlai após passar por exame no Instituto Medico Legal (IML), em Curitiba - Geraldo Bubniak / Agência O GloboO pecuarista José Carlos Bumlai após passar por exame no Instituto Medico Legal (IML), em Curitiba - Geraldo Bubniak / Agência O Globo

Em nota, a defesa do pecuarista José Carlos Bumlai informou que o sul-mato-grossense aguarda ser notificado oficialmente da ordem de prisão para que se apresente à Justiça. Nesta quinta-feira (16), o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) determinou ele dê início ao cumprimento da pena de 9 anos e 10 meses de prisão a que foi condenado pelos crimes de gestão fraudulenta de instituição financeira e corrupção.

No posicionamento enviado ao portal Isto É, a advogada Daniela Meggiolaro informou que Bumlai “recebeu com tristeza a notícia que deverá cumprir antecipadamente sua pena e que tem tem plena convicção de que as ilegalidades da sentença e do acórdão condenatórios serão reformadas pelos Tribunais Superiores”.

“Ele aguarda sereno sua intimação pessoal para início da execução nos exatos termos fixados pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região”, diz o texto.

Nesta quinta-feira (16), além da prisão de Bumlai, o tribunal também determinou a execução da pena do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e julgou os embargos infringentes de Fernando Antônio Falcão Soares, o Fernando Baiano.

Conforme o jornal O Globo, Vaccari, que havia sido condenado por corrupção passiva a 6 anos e 8 meses de prisão, deve cumprir regime inicial semi-aberto e não fechado, como foi apontado na sentença. Já Fernando Baiano cumpre pena em regime domiciliar com tornozeleira eletrônica, após fechar um acordo de delação premiada.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions