A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

06/08/2013 15:26

Cabos são furtados após reposição e avenida volta a ficar no escuro

Edivaldo Bitencourt
Operários trabalharam na reposição de peça na Interlagos (Foto: Cleber Gellio)Operários trabalharam na reposição de peça na Interlagos (Foto: Cleber Gellio)

Ladrões voltaram a deixar, menos de uma semana após a reposição, as vias da região da Coophavila 2, na saída para Sidrolândia, no escuro com o furto de mil metros de cabos da rede de iluminação pública. Outro problema é a queima constante de uma peça do comando de circuito, que deixou sem iluminação públicas nas vias da região da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e Jardim das Nações.

Nesta terça-feira (6), após a denúncia ser publicada pelo Campo Grande News, uma equipe da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação (Seintrha) foi substituir uma peça para reativar a luz na Rua Aliomar Baleeiro, no Bairro Parati, e da Avenida Interlagos, perto do Centro de Controle de Zoonezes (CCZ) e reserva da UFMS.

De acordo com o chefe da Divisão de Iluminação da Seintrha, Ângelo Dal Vesco, na região, o principal problema é a grande oscilação na rede de energia elétrica, que causa, constantemente, a queima de todo o circuito. Como existe poucos moradores na região, o problema demora a ser solucionado porque a secretaria só é acionada de três a quatro dias após as vias ficarem na escuridão.

Na tarde de hoje, equipes da secretaria estavam na região para substituir a peça e a iluminação pública deve voltar ao normal nesta noite. O secretário municipal de Infraestrutura, Semy Ferraz, já determinou a readequação do sistema de cabeamento da região para acabar com os transtornos, principalmente, para pessoas que realizam caminhadas e corridas na avenida e no entorno da reserva da UFMS.

Furto – O outro problema é o constante furto de cabos na Avenida Nasri Siufi, que é continuidade da Marginal Lagoa, na saída para Sidrolândia. A via ficou no escuro na semana passada após o furto de aproximadamente mil metros de fios.

No entanto, nesta semana, ladrões já furtaram todos os cabos que foram recolocados na avenida. Segundo Dal Vesco, a região voltou, novamente, a ficar no escuro.

No entanto, antes de repor os fios, a secretaria e a Polícia buscam identificar quem são os ladrões e os receptores para evitar novo prejuízo aos cofres públicos.

Além de moradores, os furtos prejudicam pessoas que praticam atividade física na região. Muitos usam a ciclovia da Marginal Lagoa para andar de bicicleta, realizar caminhas e corridas. 

Serviço – A população pode solicitar a reposição de lâmpadas ou reclamar da falta de iluminação pública pelo telefone: (67)3314-3675.



Isso é um problema social no Brasil. A população furta o bem público porque esquece que ele é seu e de outro também.
 
João Dias em 06/08/2013 20:28:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions