A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

21/05/2019 07:29

Cães farejadores acham droga em mata perto da casa de traficante morto

Leônidas Barbosa, 43 anos, foi morto durante troca de tiros com a PM no último domingo (19)

Kerolyn Araújo
Cães farejadores encontraram a droga no matagal. (Foto: Divulgação/Batalhão de Choque)Cães farejadores encontraram a droga no matagal. (Foto: Divulgação/Batalhão de Choque)

O Batalhão de Choque da Polícia Militar com apoio de cães farejadores localizaram, no final da tarde de ontem (21), quase 30 quilos de maconha escondidas em uma área de matagal próximo à casa de Leônidas Barbosa, 43 anos, morto durante uma troca de tiros com a polícia na tarde de domingo (19) no Jardim Monumento, em Campo Grande.

Segundo informações do Choque, a polícia recebeu uma denúncia anônima informando que em um local de mata próximo a Avenida Osvaldo Aranha, haveria droga escondida. Os militares foram ao endereço e, com auxílio de cães farejadores, encontraram 29 tabletes de maconha, além de 18 porções da mesma droga no matagal.

Conforme o Batalhão de Choque, próximo ao local onde os tabletes de maconha foram encontrados, a polícia localizou uma tenda de lona e rolos de plástico, que seriam usados para separar as porções da droga.

Tenda de lona utilizada pelos traficantes (Foto: Divulgação/Batalhão de Choque)Tenda de lona utilizada pelos traficantes (Foto: Divulgação/Batalhão de Choque)

A suspeita é de que a droga encontrada pertencesse a Leônidas, morto durante troca de tiros com a polícia no domingo. Na ocasião, Alex Dias Bonardo, 33 anos, que estava na casa com o traficante, chegou a fugir, mas foi localizado em um matagal e preso.

O caso - No domingo, a Polícia Militar foi até uma casa na Avenida Osvaldo Aranha após denúncia de tráfico de drogas no local. Quando chegaram na residência onde estavam Leônidas e Alex, houve troca de tiros.

Leônicas atirou contra dois policiais, os militares revidaram e o traficante acabou morto. Na casa onde os suspeitos estavam foram encontrados 10 quilos de maconha, uma pistola ponto 380 e um revólver calibre 38.

O suspeito morto já tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions